Abrindo um sebo (2)

(0 Estrelas - 0 Votos)

No post anterior, você viu algumas dicas de livreiros quanto à escolha do acervo e da localização da loja e conheceu as características que são necessárias para se empreender no comércio de livros seminovos e usados. Neste post, você confere a continuação da matéria Abrindo um Sebo e aprende como criar um diferencial competitivo para a sua loja. “Hoje em dia, em qualquer campo de trabalho, ganha quem se destaca. Por isso, aqui no sebo Viajantes do Tempo, possuímos um sistema de encomendas. O cliente solicita um livro que não dispomos em estoque, encomendamos com os fornecedores e, em até 5 dias úteis, o livro já está nas mãos do cliente”, revela o livreiro Pietro Augusto Zanetti. Além desse serviço, a loja também realiza a higienização de cd’s e dvd’s e está em fase de implementação de um programa de fidelidade. “Acredito que este projeto seja um diferencial considerável para quem gosta de aproveitar promoções e compra livros com frequência”, justifica o empreendedor. Já a professora e livreira Léa Valentim Bandeira aposta em atividades culturais dentro do sebo Livros, Café e Cia para criar valor para sua loja. “Ainda que o fato de ser a única livraria da minha cidade seja um diferencial por si só, sebo remete à cultura diversificada, por isso, ofereço também aulas de música (violão e canto), reforço escolar e realizo visitação de crianças ao meu sebo. Estar aberto à cultura é um dos diferenciais mais importantes para quem vende livros”, afirma a livreira. Sebo, lugar de livros arrumados Hoje, livreiros de todo o mundo têm comprovado que a estrutura de uma loja de livros seminovos e usados não exige sofisticação, mas requer uma boa organização para que o cliente encontre com rapidez o que procura. “Essa associação foi nossa principal preocupação desde o início. Por isso, investimos em decoração, pinturas, pôsteres, banners, quadros e até mesmo figuras de ação em miniaturas. A idéia era criar um novo conceito de sebo: inovador e organizado”, afirma Pietro. Léa também aposta na nova “cara” dos sebos. “Independentemente de se trabalhar com livros seminovos e usados, manter o ambiente limpo e arrumado é fundamental para tornar o ambiente atraente, agradável e reter o leitor mais tempo na loja”. Para manter tudo organizado, Pietro investe na categorização das estantes. “Disponho os livros e os dvd’s em ordem alfabética separados por categorias. Já os cd’s e lp’s ficam em uma bancada classificados por gênero. Além disso, é fundamental ter tudo cadastrado em um sistema informatizado, pois agiliza a busca por títulos e ainda aumenta o controle de tudo que entra e sai no estoque da loja”, conta o livreiro. Também é preciso deixar o caminho livre para a passagem dos clientes e investir no som ambiente. “É sempre legal deixar um lp rolando na vitrola. Além de divertido, chama a atenção das pessoas que passam na rua”, revela Pietro. Outra boa dica para criar um diferencial estratégico e competitivo é manter espaços para os clientes na loja. Uma mesa com cadeira é uma solução simples e que pode acomodar bem o leitor e fazer com que ele permaneça mais tempo no sebo. A criação de outros espaços para exposições e mostras culturais também pode ser considerado. De acordo com o Sebrae, para uma estrutura mínima de venda de dois mil itens, estima-se ser necessária uma área de 50m². Excelência no atendimento Elencado pelos livreiros como o diferencial mais importante está o atendimento. Resultado de um relacionamento de longo prazo com o cliente, o atendimento é o que, na maioria das vezes, gera a indicação de novos clientes. “Quando o livreiro tem um conhecimento amplo sobre leitura e uma conversa agradável, os clientes voltam”, garante Léa. Para Pietro, o importante é não ser invasivo e deixar o cliente à vontade. “Oito em 10 pessoas não curtem serem abordadas pelos vendedores com perguntas clichês do tipo: ‘posso ajudar’. Então, sempre procuro deixar o cliente à vontade para fazer as perguntas que quiser, folhear livros e até trocar a música que está tocando na loja. Tudo isso para que ele se sinta acolhido”, argumenta o livreiro. Amor pela profissão Mas para investir no comércio de livros seminovos e usados, Léa afirma que o quesito básico é o amor pelos livros. “Para empreender nessa área é preciso gostar da leitura ou do objeto livro. Conheci livreiros que não são grandes leitores mas amam os livros pelo que eles podem oferecer às pessoas”, argumenta ela que acredita que a experiência no ramo é algo que se adquire com o tempo. “Como é impossível ler todos os livros da sua loja, é importante ler o maior número possível de contracapas, prefácios e juntar todas as informações capazes de auxiliar os mais variados clientes. O restante é conseqüência do tempo”. Para Pietro, a ousadia preenche o perfil de um empreendedor no ramo de sebos e livrarias. “Ter ousadia, visão estratégica e de mercado, dinamismo e criatividade são fundamentais para um empreendimento de sucesso”. Mas ele é cauteloso: “além disso, é preciso se ter em mente que não se atinge o sucesso sem trabalho árduo, sem superar barreiras e sem errar algumas vezes. Manter sempre o pensamento positivo ajuda, mas não basta só isso. Você realmente tem que conhecer o ramo do negócio”. Se você tem outras dicas para quem vai abrir um sebo, não deixe de compartilhá-las comentando este post. Aguarde, em breve, dicas de livreiros sobre as melhores práticas para venda de livros seminovos e usados na internet.]]>

3 thoughts on “Abrindo um sebo (2)

  • 25.06.2015 em 11:59 am
    Permalink

    Bom dia!
    Realmente as dicas são boas, penso em utilizar um espaço que possuo para abrir um negócio de livros, vou continuar a pesquisa, pois aqui na minha cidade embora tida como de”Boas Escolas” as livrarias abrem e fecham em um ano. Triste isso!
    Abraços Adilson

  • 27.08.2013 em 9:45 pm
    Permalink

    Gostei muito por serem dicas simples mas importantes e fáceis de serem colocadas em prática.

Fechado para comentários.

Livros para mergulhar nas editoras independentes Histórias que combinam com café Livros sobre diversidade que você precisa conhecer 9 livros que você leria pelo título Livros para gerenciar a carreira