Séries de TV buscam inspiração na literatura

(0 Estrelas - 0 Votos)

Um advogado bon vivant especializado em resolver casos de chantagem e extorsão. Seu nome é Paulo Mendes, mais conhecido entre os colegas como “Madre Teresa”. Adora fumar charutos, tomar vinhos baratos e namorar muitas garotas. Você está com a sensação de que já ouviu ou viu essa história? Certamente. Estamos falando da série Mandrake, produzida, em 2005, pela HBO Brasil em parceria com a Conspiração Filmes e protagonizada pelo ator Marcos Palmeira. O que, talvez, você não se lembre é que as páginas de livros foram inspiração para a série de televisão indicada duas vezes ao Emmy Internacional (2006 e 2008)  na categoria de melhor série drama. A Grande Arte e Mandrake – a Bíblia e a Bengala, ambas as obras escritas por Rubem Fonseca deram origem à megaprodução que prendeu a atenção de milhares de espectadores junto à TV.

E não para por aí. A televisão nacional está repleta de exemplos de séries adaptadas de nossa rica literatura. A Pedra do Reino, inspirada em Romance d’a Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta, de Ariano Suassuna, é outro exemplo da inspiração que diretores de TV costumam encontrar na literatura. A minissérie de 2007 que foi uma homenagem aos 80 anos do escritor nordestino, é narrada como uma autobiografia de seu personagem principal – Pedro Diniz Ferreira Quaderna – autoproclamado “Rei do Quinto Império e do Quinto Naipe, Profeta da Igreja Católico-Sertaneja e pretendente ao trono do Império do Brasil”. As desventuras de Quaderna no interior de Pernambuco funcionam como ponto de partida para Suassuna apresentar e fortalecer a cultura do sertão. Capitu, Dom Casmurro e O Alienista, todas obras de Machado de Assis, são outros exemplos de séries inspiradas em livros homônimos e materializadas na TV brasileira.

No cenário internacional não é diferente. Smalville, por exemplo, dispensa grandes pesquisas históricas sobre sua origem. O seriado resgata décadas de aventuras de seu herói (Super-Homem) nas revistas em quadrinhos. Com algumas diferenças: o protagonista dispensa uniforme, não realiza voos e é apaixonado por uma líder de torcidas. Em outros casos, a lógica se inverte e o que começou com som e imagem na telinha ganha o universo descritivo dos livros. Depois do sucesso de audiência da série House, o médico renomado e “ranzinza” virou também protagonista do livro A Ciência Médica de House .

Se você é um fã de livros e também das séries de televisão, confira exemplos de seriados nacionais e internacionais que tiveram as páginas de livros como fonte de inspiração.

Séries nacionais baseadas em livros:

A Casa das Sete MulheresOs Maias Hilda FuracãoMotherN O Auto da CompadecidaMemorial de Maria Moura
 

A Casa das
Sete Mulheres

 

Os Maias

 

Hilda Furacão

 

MotherN

 

O Auto da
Compadecida

 

Memorial de
Maria Moura

Memorial de
Maria Moura

Séries internacionais baseadas em livros:

Sex and the CityGossip Girl True BloodThe Vampire Diaries DexterBones
 

Sex and
the City

 

Gossip Girl

 

True Blood

 

The Vampire
Diaries

 

Dexter

 

Bones

Memorial de
Maria Moura
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *