Como reduzir o tempo no celular?

(4.5 Estrelas - 2 Votos)

Segundo dados, brasileiros passaram mais de três horas por dia no celular em 2018. Veja dicas para ficar menos tempo online e otimizar sua rotina

Vê uma notificação, abre o WhatsApp, responde os amigos, olha as correntes daquele grupo da família, surge outra notificação e você responde de novo. Antes de sair do celular, é melhor dar uma última checada nas redes sociais: entra no Facebook, passa alguns minutos olhando a timeline, entra no Instagram para ver os stories… E lá vem mais uma notificação do WhatsApp. Identificou-se com a situação? Usar o celular parece um ciclo sem fim.

A cada ano que passa, ficamos mais tempo online. De acordo com o relatório “Estado de Serviços Móveis”, divulgado em janeiro, os brasileiros passaram mais de três horas por dia usando o celular em 2018. Com essa média, o Brasil é o 5º país que mais utiliza o aparelho no mundo, ficando atrás apenas da Indonésia, Tailândia, China e Coreia do Sul.

LEIA MAIS: Saiba como combater os vilões da leitura

O levantamento mostra ainda que o tempo médio diário em smartphones cresceu 50% em relação a 2016. Ao comparar o mesmo período, o relatório destaca que os aplicativos móveis reuniram quase 200 bilhões de downloads em 2018, o que representa um aumento de 35%.

No entanto, o uso excessivo dos dispositivos é prejudicial à nossa vida: segundo especialistas, a dependência em celulares pode causar a nomofobia, que é quando as pessoas sentem medo de ficar sem o aparelho. Além de interferir nas relações interpessoais e até mesmo na nossa postura corporal, o vício em ficar online pode ainda deixar a nossa rotina menos otimizada. Por isso, selecionamos algumas dicas para você reduzir o seu tempo no smartphone. Confira!


  • Monitore seu uso

Antes de tudo, você precisa saber, de fato, quantas horas passa por dia no celular. Olhe os dados sem medo (e sem ansiedade)! Saber esses números é fundamental para determinar o quanto você precisa diminuir no uso diário do dispositivo. Para isso, você pode usar o aplicativo QualityTime, que ajuda a fazer esse monitoramento. No caso do iPhone, o próprio sistema oferece uma aba que mostra os gráficos de uso do aparelho.

  • Desative as notificações

O segundo passo é desativar as notificações de e-mails, redes sociais e do WhatsApp. Com o surgimento de diversas mensagens na tela do seu celular, a qualquer hora do dia, você fica mais propenso a perder a atenção no que estava fazendo antes e a entrar toda hora nos aplicativos, mesmo que sem perceber. Com isso, você diminui a sua necessidade de saber o que está acontecendo a todo momento e pode curtir mais o seu dia.

  • Não utilize o celular antes de dormir e nem como despertador

Com a evolução da tecnologia, os smartphones já ultrapassaram a função apenas de ligações e os utilizamos como despertadores. No entanto, isso é prejudicial até mesmo ao nosso sono, já que colocamos o celular do nosso lado da cama e ficamos tentados a olhar toda hora os aplicativos. O ideal também é não utilizá-lo antes de dormir, pois a luz da tela pode afetar a nossa visão. Uma boa dica é deixá-lo no modo avião ou desligá-lo, para que você aproveite bem e de forma tranquila a sua noite de sono.

  • Volte a usar cadernos e agendas para anotações

Uma das maiores tentações do nosso dia a dia é utilizar os celulares para fazer anotações no bloco de notas. Mas essa pode ser a porta de entrada para continuarmos online pelas próximas horas. Por isso, volte a usar cadernos e agendas físicas na sua rotina.

  • Leia mais livros

Dedicar um tempo para a leitura ocupa o seu dia com mais conhecimento e evita que você caia na tentação de pegar o celular a todo momento. Você pode procurar livros de qualquer gosto, desde young adult e infantojuvenil até clássicos e lançamentos.

  • Lembre-se: Tudo ficará bem

Não tenha medo de desligar seu aparelho em algum momento do dia, principalmente na hora de dormir. Caso prefira, avise aos amigos e aos parentes os períodos em que seu celular ficará desligado. Ficará tudo bem e você aproveitará mais o seu dia.


Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.
Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *