Dia Internacional da Felicidade: 8 livros para você viver bem consigo mesmo

(5 Estrelas - 1 Votos)

Comemore este 20 de março com leituras que vão ajudar você a se autoconhecer. Confira a nossa lista completa!

Passamos boa parte da vida em busca da felicidade. No entanto, na ânsia de atingir o ápice desse estado de espírito, ficamos ansiosos e nos frustramos, já que é um sentimento complexo, subjetivo e de difícil definição. É preciso lembrar, diariamente, que a felicidade pode ser encontrada nas pequenas situações da nossa vida, como, por exemplo, em uma leitura, em um filme ou até mesmo em um passeio pelas ruas da cidade.

Dia Internacional da Felicidade

Você sabia que existe o Dia Internacional da Felicidade? Adotada pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em 2012, a data tem o objetivo de lembrar a importância do conceito de felicidade para o fim da pobreza e dos conflitos mundiais. No ano de criação deste dia, o então secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, destacou o seu compromisso com o desenvolvimento humano inclusivo e sustentável.

“Quando contribuímos para o bem comum, nos enriquecemos a nós próprios. A compaixão promove a felicidade e ajuda a construir o futuro que queremos”, disse o secretário-geral.

Para comemorar este 20 de março, selecionamos livros que vão ajudar você a se autoconhecer, a viver melhor e a ter mais momentos felizes na sua vida. A lista inclui títulos clássicos, como Pollyanna, de Eleanor H. Porter, e também de autoajuda, como Felicidade – Modos de usar, de Mario Sergio Cortella, Leandro Karnal e Luiz Felipe Pondé. Boa leitura!


Felicidade – Modos de usar, de Mario Sergio Cortella, Leandro Karnal e Luiz Felipe Pondé

Um bate-papo entre três pensadores pop sobre um assunto que interessa a todo mundo: como ser feliz. O livro é resultado do debate entre Cortella, Karnal e Pondé em comemoração aos 15 anos da Editora Planeta no Brasil, realizado em maio de 2018. Durante uma hora e meia, os três discutiram o que é felicidade, o que ela significa, que caminhos podem nos levar a sermos pessoas mais felizes. Como sempre fazem, citaram outros filósofos e pensadores, deram exemplos pessoais e terminaram mostrando que ser feliz é possível – não o tempo todo, mas é possível para todos.


Pollyanna, de Eleanor H. Porter

Clássico da literatura infantil, Pollyana é ideal para aquelas pessoas sonhadoras. Órfã de pai e mãe, a menina de 11 anos é acolhida pela tia Polly, sua única parente viva. Rica e intransigente, a tia é desprovida de compreensão e afetividade, e recebe a menina em sua casa como um dever. Pollyanna, por sua vez, é uma menina encantadora, que a todos conquista com sua paixão pela vida e pelas pessoas, seu otimismo, sua alegria de viver.


Em busca de nós mesmos, de Clóvis de Barros Filho

Quem sou eu? De onde veio o mundo? O que devo fazer para viver melhor? O que acontece dentro de mim quando me apaixono? Estas perguntas feitas cotidianamente por todos nós têm sido tema de reflexão dos maiores pensadores da humanidade ao longo dos últimos três mil anos e também de investigação científica. Em busca de nós mesmos apresenta respostas a partir de dois campos de conhecimento distintos – a filosofia (com as ideias de Aristóteles, Platão e Spinoza, entre outros) e as ciências da mente (psicologia e neurociências).


A arte da felicidade, de Dalai Lama

Dalai Lama mostra como derrotar a ansiedade e a insegurança, a contrariedade e o desânimo do dia a dia. Junto com o Dr. Cutler, ele explora inúmeras facetas do cotidiano, entre elas os relacionamentos, a perda e a busca da riqueza, mostrando como transpor os obstáculos da vida através de uma fonte profunda e permanente de paz interior.


Aprenda a viver o agora, de Monja Coen

Monja Coen nos ensina a viver o presente a partir de princípios zen. Quanto ao passado nada se pode fazer. O futuro é uma surpresa. O agora é mutável, é palpável, é real. Assuma o controle de sua vida ao entender que só pode ser dono do presente. Neste livro, Monja Coen demonstrará que é possível estar presente por completo em qualquer atividade. O agora é o único momento real que existe. O passado não pode ser refeito, o futuro nós ainda não sabemos como será. Porém, o presente é real, só depende de nós.


A sutil arte de ligar o f*da-se, de Mark Manson

Em A sutil arte de ligar o f*da-se, Mark Manson usa seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom das situações e de se torturar para pensar positivo até nos momentos ruins. Por meio de piadas e exemplos inusitados, ele deixa o leitor mais alerta e capaz para enfrentar os desafios na sociedade.


Nunca desista dos seus sonhos, de Augusto Cury

O psiquiatra Augusto Cury debruça-se aqui sobre nossa capacidade de sonhar e o quanto ela é fundamental na realização de nossos projetos de vida. Os sonhos são como uma bússola, indicando os caminhos que seguiremos e as metas que queremos alcançar. São eles que nos impulsionam, nos fortalecem e nos permitem crescer. Se os sonhos são pequenos, nossas possibilidades de sucesso também serão limitadas.


O milagre da manhã, de Eckhart Tolle

Conheça o método simples e eficaz que vai proporcionar a vida dos sonhos — antes das 8 horas da manhã! Hal Elrod explica os benefícios de acordar cedo e desenvolver todo o nosso potencial e as nossas habilidades. O milagre da manhã permite que o leitor alcance níveis de sucesso jamais imaginados, tanto na vida pessoal quanto profissional. A mudança de hábitos e a nova rotina matinal proposta por Hal vai proporcionar melhorias significativas na saúde, na felicidade, nos relacionamentos, nas finanças, na espiritualidade ou quaisquer outras áreas que necessitem ser aprimoradas.


Qual livro você incluiria na lista?


Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *