50 anos de ‘O gênio do crime’

(5 Estrelas - 1 Votos)

Livro de João Carlos Marinho é um dos principais do mundo infantojuvenil. Autor morreu no dia 17 de março após ficar internado em São Paulo

Uma das referências do mundo infantojuvenil, O gênio do crime completa 50 anos em 2019. Lançada em 1969, a obra inaugura As aventuras da Turma do Gordo, uma série de 13 livros criada pelo escritor João Carlos Marinho Silva. O título conta a história de Seu Tomé, dono de uma fábrica de figurinhas de futebol. Lá, ele vende os adesivos “fáceis” e “difíceis”, aqueles produzidos em menor escala. Quem completa o álbum, ganha bons prêmios.

No entanto, surge uma indústria clandestina que produz figurinhas “difíceis” e, com isso, mais pessoas conseguem encher o álbum e querem receber o prêmio na fábrica de Seu Tomé. No entanto, ele já não tem mais capacidade de entregar as premiações e sofre uma retaliação das crianças. Ao ajudar Seu Tomé, os amigos Bolachão, Edmundo, Pituca e Berenice descobrem que o local clandestino é chefiado por um anão que se acha o verdadeiro gênio do crime.

Com 76 edições e traduzida para o espanhol, a obra infantojuvenil atrai público e é adotada nas escolas brasileiras até hoje. Inicialmente, o livro foi lançado pela Brasiliense e já passou por outras editoras. Em 11 de março deste ano, o jornal O Globo divulgou que O gênio do crime ainda é um dos quatro livros mais vendidos da editora Global – ao todo, já foram mais de um milhão de exemplares vendidos no país.

Morte do autor

Conhecido por O gênio do crime, o escritor João Carlos Marinho morreu no dia 17 de março, após ficar internado em São Paulo. Ele nasceu em 25 de setembro de 1935, no Rio de Janeiro, e se mudou para Santos com seus pais ainda na infância. Terminou o Ensino Médio na Suíça e, ao voltar para o Brasil, cursou Direito na Universidade de São Paulo (USP).

O gênio do crime foi publicado na mesma época em que o autor ainda atuava como advogado. Em 1973, a obra foi adaptada para os cinemas, com o título O detetive Bolacha contra o gênio do crime. Para homenagear o autor, que tal conhecer também seus outros livros? Confira a lista!


O dueto dos gatos e outros duetos

Este livro de contos também é um dos principais trabalhos do escritor João Carlos Marinho. A obra reúne nove contos centrados em situações que o destino traça para o eterno dueto entre o homem e a mulher. O conto que dá título ao livro passa-se no início do século XX e o seu desfecho surpreende até o leitor mais atento.


Sangue fresco

Um bandido sequestra as crianças bem nutridas das escolas particulares de São Paulo e as leva para um campo de concentração na Amazônia, onde o sangue delas é retirado e exportado. A Turma do Gordo também é sequestrada, apesar de ter se cercado de guarda-costas. O sangue do gordo revela-se preciosíssimo, uma sucuri se apaixona por ele e faz de tudo para comê-lo. Depois de vários lances, o gordo lidera a fuga da turma. Mas como se orientar no coração da floresta amazônica, sem bússola e sem mapa?


Berenice detetive

Este livro narra o assassinato de uma escritora que vai fazer uma palestra em uma classe e come uma maçã envenenada entregue por um dos alunos. Mas muitos estudantes deram maçãs. Há que investigar a vida particular da escritora e a vida de cada aluno para saber quem tinha interesse no crime.


Pai mental e outras histórias

Pai mental e outras histórias reúne quatro contos, com protagonistas infantis – uns alegres e outros tristes, mas todos com a chama da arte literária. Esse sentimento ilumina o espírito e o coração.


Assassinato na literatura infantil

A mãe do Gordo funda uma Sociedade Cultural com sede no bairro de Vila Madalena, em São Paulo, e oferece o troféu Visconde de Sabugosa para o escritor que fizer o melhor livro infantil. Além do troféu, o vencedor (ou vencedora) receberá cem mil dólares oferecidos pelo pai do gordo. Um júri de seis intelectuais vai decidir entre os cinco escritores finalistas quem levará o troféu e o dinheiro. A decisão será tomada publicamente no palco da Sociedade Cultural onde cada jurado dará o seu voto numa cerimônia muito chique, na frente de um grande público.


Você já leu O gênio do crime? Comente e participe!


Gabriela Mattos

Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.
Gabriela Mattos

Últimos posts por Gabriela Mattos (exibir todos)

Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares