Conheça 5 livros escritos na prisão

(3.5 Estrelas - 8 Votos)

Lista inclui algumas das principais obras clássicas da literatura, como Memórias do cárcere, de Graciliano Ramos, e De profundis, de Oscar Wilde

Você sabia que alguns dos principais clássicos da literatura mundial foram escritos dentro da prisão? Este é o caso, por exemplo, de Memórias do cárcere, de Graciliano Ramos. Neste livro, o escritor alagoano retrata o período em que ficou preso durante a ditadura do Estado Novo, entre 1936 e 1937. Apesar de ter sido escrita na cadeia, a obra só foi publicada em 1953, após a morte do autor.

Outro destaque é Dom Quixote, de Miguel de Cervantes. Enquanto esteve preso por dívidas exorbitantes, no fim do século 16, o autor começou a escrever a trama do fidalgo Dom Quixote de la Mancha e seu escudeiro Sancho Pança. Vale lembrar também de De profundis, de Oscar Wilde. O poeta foi preso por causa de sua opção sexual e escreveu esta longa carta.

Que tal conhecer essas e outras obras de escritores renomados? Veja a lista completa e boa leitura!


Memórias do cárcere, de Graciliano Ramos

Memórias do cárcere é o testemunho de Graciliano Ramos sobre a prisão a que foi submetido durante o Estado Novo. Uma narrativa amarga de alguém que foi torturado, viveu em porões imundos e sofreu privações provocadas por um regime ditatorial.


Dom Quixote, de Miguel de Cervantes

Em Dom Quixote, Miguel de Cervantes retrata a história de um senhor rural que gostava de ler livros sobre cavalaria. Obcecado, ele acreditava literalmente nas aventuras escritas e decidiu tornar-se um cavaleiro andante. Suas viagens sucedem-se sob a alucinação de que estava vivendo na era da cavalaria; pessoas que encontrava nas estradas pareciam-lhe como cavaleiros em armas, damas em apuros, gigantes e monstros.


De profundis, de Oscar Wilde

Enquanto estava encarcerado, Oscar Wilde escreveu uma carta a Lord Alfred Douglas, com quem mantinha uma relação que foi o estopim para sua prisão. Intitulada De profundis, a carta traz uma reflexão a respeito da ética, com a linguagem de um grande escritor, um homem cuja vida não seria mais a mesma após os anos de encarceramento.


Cartas do cárcere, de Antonio Gramsci

Cartas do cárcere reúne textos escritos por Antonio Gramsci durante sua prisão na ditadura fascista italiana. As mensagens são direcionadas a pessoas próximas ao filósofo e cientista político.


Introdução à filosofia matemática, de Bertrand Russell

Um clássico livro de popularização da ciência que ainda hoje conserva sua vitalidade original e satisfaz as intenções de seu autor – propiciar ao leitor comum a compreensão dos métodos e objetivos da lógica matemática; fazer com que a lógica auxilie a filosofia a enfrentar questões que lhe são próprias.


O que achou da lista? Comente e participe!


Gabriela Mattos

Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.
Gabriela Mattos

Últimos posts por Gabriela Mattos (exibir todos)

Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea brasileira e jornalismo literário.

Um comentário em “Conheça 5 livros escritos na prisão

  • 15.03.2019 a 5:30 pm
    Permalink

    Lista oportuna e reflexiva. Só uma dúvida: Bertrand por que foi preso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares