140 anos de Albert Einstein: Aprofunde-se na vida e carreira do físico

(4.2 Estrelas - 6 Votos)

Nascido em 14 de março de 1879, ele desenvolveu a Teoria da Relatividade Geral. Veja alguns livros!

Principal nome da Física mundial, Albert Einstein nasceu em 14 de março de 1879, na cidade de Ulm, na Alemanha. Filho de um industrial judeu, mudou-se com a família para Munique com apenas um ano. Ainda na infância, destacou-se no estudo de Física, Matemática e Filosofia. Sua paixão por essas áreas aumentou durante a juventude e, aos 21 anos, formou-se em Física pelo Instituto Politécnico de Zurique, na Suíça.

O período de maior destaque para Einstein foi em 1905, quando concluiu o doutorado e desenvolveu a Teoria da Relatividade, que dava ao mundo uma visão inovadora sobre o universo. Dentro deste conceito, o físico propôs uma fórmula para equiparar a massa e a energia (E = mc²).

O grande problema da humanidade não está no domínio da Ciência, mas no domínio dos corações e das mentes humanas”.

Após ser reconhecido mundialmente, o físico começou a lecionar aulas em grandes instituições do mundo. Aos 30 anos, tornou-se professor na Universidade de Zurique e, depois, na Universidade de Praga. Em 1913, foi nomeado como professor para a Universidade de Berlim, diretor do Instituto Kaiser Wilhelm de Física e integrante da Academia Brasileira de Ciências da Prússia.

Einstein percebeu que o princípio da relatividade poderia ser estendido também para o campo da gravidade. Por isso, dez anos após o primeiro anúncio, ele divulgava a finalização da Teoria da Relatividade Geral. Nela, o cientista mostrava uma nova visão sobre a interação entre o espaço, a matéria, o tempo, a energia e a gravidade. Por causa desse conceito, um dos pilares da Física Moderna ao lado da Mecânica Quântica, ele conquistou o Prêmio Nobel de Física, em 1921.

Nazismo na Alemanha

Em 1933, Einstein estava nos Estados Unidos quando o Partido Nazista tomou o poder na Alemanha. Por isso, não retornou ao seu país natal e se naturalizou norte-americano. Perto do início da Segunda Guerra Mundial, o cientista alertou ao governo que a Alemanha estaria desenvolvendo uma arma atômica.

A partir disso, participou do Projeto Manhattan, que ajudava os Estados Unidos em uma pesquisa semelhante. Einstein morreu em 18 de abril de 1955, na cidade de Princeton. Para homenageá-lo, selecionamos sete livros que ajudam a entender a vida e a carreira do cientista. Confira!


Como vejo o mundo, de Albert Einstein

Em Como vejo o mundo, conhecemos o lado espirituoso, intensamente perceptivo e preocupado com a humanidade de Albert Einstein. Ele acreditava na possibilidade de um mundo pacífico e na missão da ciência de servir ao bem-estar humano. Com textos escritos entre 1930 e 1935, o livro aborda temas como o desarmamento, o respeito às minorias e a relação da ciência com a religiosidade, mantendo uma atualidade impressionante.


Notas autobiográficas, de Albert Einstein

Neste livro, Albert Einstein faz um retrato do desenvolvimento de sua mente e do modo como evoluiu sua visão dos problemas da Física. O leitor encontrará uma personalidade crítica, marcada pela coragem e pela coerência de quem nunca se submeteu.


Albert Einstein e seu universo inflável, de Dr. Mike Goldsmith

Como Albert Einstein conseguiu fazer todas as descobertas fantásticas? Para saber, é só dar uma olhada no seu diário perdido, que está em Albert Einstein e seu universo inflável. O livro também mostra que a vida de um gênio não é fácil. Quando era criança, o futuro cientista foi expulso da escola. Mais tarde, ele seria espionado pelos nazistas e pelo FBI.


Albert Einstein e as fronteiras da Física, de Jeremy Bernstein

Nesta apaixonada biografia, escrita por um professor de física e adorador confesso do cientista, Jeremy Bernstein descreve para os leigos os experimentos de Einstein e as suas teorias revolucionárias, que vão da sua mais famosa descoberta – a teoria da relatividade -, que mudou a nossa concepção de universo e o entendimento de nosso lugar no mundo, à sua pesquisa da teoria do campo unificado que explica as forças do universo.


Albert Einstein – o lado humano, de Helen Dukas e Banesh Hoffmann

Este livro, que não é mais encontrado em livrarias físicas, reúne cartas de Albert Einstein. Os textos mostram seu calor e seu espírito, além de revelar o horror do físico diante das atrocidades do nazismo.


Escritos da maturidade, de Albert Einstein

Em Escritos da maturidade, Albert Einstein discute temas como o significado da ciência, as ideias fundamentais da relatividade, ética, paz mundial e religião. Por meio deste livro, o leitor vai se surpreender com a absoluta atualidade do pensamento do físico.


A evolução da Física, de Albert Einstein e Leopold Infeld

Há 70 anos este livro foi publicado pela primeira vez, com a finalidade de divulgar a teoria da relatividade. Hoje, criações e conceitos expostos aqui conservam plena validade. O texto é o mais acessível escrito por Einstein e explica os fundamentos essenciais da física, por meio de gráficos e diagramas. Traça um esboço das tentativas feitas pela mente humana para encontrar uma conexão entre o mundo das idéias e o dos fenômenos.


O que você achou da lista?


Gabriela Mattos

Redatora em Estante Virtual
Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.
Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *