Conheça 14 livros imperdíveis e escolha a sua próxima leitura

(2.3 Estrelas - 62 Votos)

Quer receber indicação literária e descobrir uma obra nova? Criamos uma lista com títulos para todos os perfis de leitores. Veja a nossa seleção!

Chegamos no meio do ano e as leituras não podem parar! Mas a lista literária anual é sempre tão grande que fica difícil escolher o próximo livro, né? Para ajudar na escolha da sua próxima leitura, fizemos uma seleção com 14 obras imperdíveis, que são verdadeiros achados e que merecem ser lidas ainda em 2018.

A seleção reúne títulos para todos os gostos: ficção, não ficção, infantojuvenis, equilíbrio pessoal, alimentação, arte e administração. São livros você só vai encontrar na Estante Virtual, como A senhorita de Tácna, de Mario Vargas Llosa, e também lançamentos literários, como Todo dia a mesma noite, de Daniela Arbex. Ficou curioso? Confira a lista completa e boa leitura!


A arte da guerra, de Sun Tzu

É o maior tratado de guerra de todos os tempos. A arte da guerra é um livro fundamental sobre estratégias, que é utilizado no mundo dos negócios e conquista pessoas e mercados. A obra já foi citada em filmes, como Wall Street, e é aplicada para solucionar os recentes conflitos do nosso cotidiano.

A arte da guerra, de Sun Tzu


O monge e o executivo, de James C. Hunter

O monge e o executivo, de James C. Hunter, também é fundamental para o mundo da administração e dos negócios. A obra conta a história de um famoso empresário que abandonou sua brilhante carreira para se tornar monge em um mosteiro beneditino. O livro fala sobre a essência da liderança, que muitas vezes é descrita pelo autor como “liderança servidora ou verdadeira liderança”. Essa é uma concepção que se popularizou nos últimos anos nas organizações e empresas.

O monge e o executivo, de James C. Hunter


A senhorita de tácna, de Mario Vargas Llosa

Esse é um dos livros que você só encontra na Estante Virtual. Na peça de teatro A senhorita de tácna, Mario Vargas Llosa trouxe seus “demônios”, sua experiência vital, identificação com a classe média e a simpatia com os oprimidos. O autor retrata um segmento urbano que, nem por isso, se abstrai dos grandes problemas do Peru: o nacionalismo, a estratificação e rigidez das classes, os grandes abismos sociais, a industrialização e o problema agrário, os tabus e a hipocrisia, os problemas do índio e do negro.

A senhorita de tácna, de Mario Vargas Llosa


O guia completo da cor, de Tom Fraser

O guia completo da cor é ideal para os amantes da arte, do design e da fotografia. A obra é uma referência atual e abrangente para uma nova geração de usuários da cor digital. O livro de Tom Frase reúne a teoria da cor, prática e aplicações,  compreendendo desde a abstrata teoria da cor até as implicações mais práticas do uso de CMYK e RGB.

O guia completo da cor


A droga da obediência, de Pedro Bandeira

Em um clima de suspense, A droga da obediência conta a história de um grupo de cinco estudantes, denominado de Os Karas, que enfrenta uma macabra trama internacional liderada pelo Doutor Q.I.. Ele pretende subjugar a humanidade aos seus desígnios, aplicando na juventude uma perigosa droga, que já está sendo experimentada em alunos dos melhores colégios de São Paulo. Este é um trabalho para Os Karas – o avesso dos coroas, o contrário dos caretas.

A Droga da Obediência Pedro Bandeira


Todo dia a mesma noite – A história não contada da Boate Kiss, de Daniela Arbex

Em Todo dia a mesma noite, a jornalista Daniela Arbex relembra e homenageia os 242 mortos no incêndio da Boate Kiss, na cidade de Santa Maria, em 2013. O livro é um dos lançamentos de 2018. Foram necessárias centenas de horas dos depoimentos de sobreviventes, familiares das vítimas, equipes de resgate e profissionais da área da saúde, para sentir e entender a verdadeira dimensão de uma tragédia sobre a qual já se pensava saber quase tudo.

Todo dia a mesma noite, de Daniela Arbex


Lara, de Lord Byron

A obra Lara, de Lord Byron, também só é encontrada na Estante Virtual. É um poema narrativo trágico, publicado pela primeira vez em 1814. Considerado pela crítica como uma continuação do trabalho autobiográfico iniciado em O Corsário, narra o destino fatídico do Conde Lara ao voltar para sua casa depois de passar anos no exterior viajando pelo Oriente.

Lara, de Lord Byron


O inferno somos nós, de Leandro Karnal e Monja Coen

Esse é um dos lançamentos mais recentes. Em tempos adversos, de crise, preconceito e intolerância, como transformar o ódio em compreensão do outro em suas diferenças? Como sair de um cenário de violência e construir uma cultura de paz? Em O inferno somos nós, o historiador Leandro Karnal e a Monja Coen, fundadora da Comunidade Zen-budista do Brasil, lembram que o medo pode estar na origem da violência e apontam como o conhecimento, de si e do outro, é capaz de produzir uma nova atitude na sociedade, menos agressiva e mais acolhedora.

O inferno somos nós


Panamérica, de José Agrippino de Paula

Panamérica é um livro radical, com uma narrativa veloz sem diálogos e interpretações. No prefácio, o compositor Caetano Veloso afirma que José Agrippino de Paula vivenciou os conteúdos da vida no fim do século passado com tanta frieza e tanta paixão, que talvez não haja no mundo nenhuma obra literária contemporânea de seu Panamérica que lhe possa fazer face. O livro soa como se fosse a Ilíada na voz de Max Cavalera.

Panamérica


Barriga de trigo, de William Davis

Barriga de trigo é um livro para quem procura uma alimentação mais saudável. Na obra, William Davis mostra que parar de comer trigo, até mesmo o integral, considerado mais saudável, pode ajudar a perder peso, reduzir gordura localizada e eliminar problemas de saúde. O livro é fundamentado em décadas de estudos clínicos e nos resultados extraordinários que Davis observou depois de orientar milhares de pacientes a parar de comer trigo. 

Barriga de trigo, de William Davis


Design para um mundo complexo, de Rafael Cardoso

O autor Rafael Cardoso atualiza a discussão em torno da função do design na sociedade e revê noções básicas. Ao enfrentar os dilemas colocados pela contemporaneidade, Design para um mundo complexo é uma poderosa ferramenta teórica, elaborada de maneira clara tanto ao leigo quanto ao estudioso. 

Design para um mundo complexo


Malala, a menina que queria ir para a escola, de Adriana Carranca

Malala Yousafzai quase perdeu a vida por querer ir para a escola. Ela nasceu no vale do Swat, no Paquistão, cresceu entre os corredores da escola de seu pai. Quando tinha dez anos viu sua cidade ser controlada pelo Talibã. Armados, eles vigiavam o vale e impuseram regras. A menina sofreu um atentado e poucos acreditavam que ela sobreviveria. O livro de Adriana Carranca apresenta às crianças a história real de Malala que, além de ser a mais jovem ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, é um grande exemplo de como uma pessoa e um sonho podem mudar o mundo.

Malala, a menina que queria ir para a escola


A Bíblia dos cristais, de Judy Hall

A Bíblia dos cristais é essencial para leigos e especialistas em terapia com cristais. O livro descreve todas as pedras mais importantes encontradas no mercado atual e também aquelas que não são muito conhecidas pelo público. Com belas ilustrações, o guia permite que o leitor encontre as propriedades práticas e esotéricas de cada pedra, incluindo os seus efeitos espirituais, mentais e físicos.

A Bíblia dos Cristais, de Judy Hall


Amar e ser livre, de Sri Prem Baba

O livro Amar e ser livre, de Sri Prem Baba, discute a qualidade e o desenvolvimento das relações amorosas. Na obra, Sri Prem Baba mostra que um relacionamento feliz vai além de qualquer realização pessoal. A construção de relacionamentos amorosos, saudáveis e construtivos é determinante para a construção de um mundo melhor, com menos maldade. Para o autor, iluminando a nós mesmos, iluminaremos o mundo.

Amar e ser livre, de Sri Prem Baba


Qual livro você incluiria na lista? Comente e participe!

[wysija_form id=”5″]
Gabriela Mattos
Comentários

Gabriela Mattos

Gabriela é jornalista, editora do Estante Blog e foi repórter em um jornal carioca. Viciada em comprar livros, é apaixonada por literatura contemporânea e jornalismo literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *