6 livros clássicos para comprar nesta Black Friday

(3.1 Estrelas - 18 Votos)

Uma seleção de livros que todo leitor apaixonado precisa ter na estante!

A famosa Black Friday, ou “sexta negra”, já se tornou uma tradição no Brasil. Com origem nos Estados Unidos, a data inaugura a temporada de compras de natal, acontecendo um dia depois do Dia de Ação de Graças. Em nosso país, diversos setores do comércio nacional aplicam descontos imperdíveis para suas mercadorias, com a data também marcada para o mês de novembro, e neste ano não será diferente – as promoções mais chocantes começam a partir da meia-noite do dia 24/11!

De acordo com a pesquisa feita pela Google Brasil, em 2016, as vendas realizadas nas 24 horas da promoção chegaram a R$ 1,9 bilhão de reais. Deste total, conforme a apuração  da Agência Conversion, 9,8% foram direcionados para o segmento de livros e revistas. Neste ano, o comércio espera por um aumento de até 20% nas vendas, em relação aos últimos dois anos. Os preços dos livros na data podem diminuir em até 50% – ou seja, um livro cujo valor normal é de R$ 30,00 reais, seria comprado por apenas R$ 15,00 reais.

Especialmente para a data, nós selecionamos 6 obras clássicas da literatura para deixar a sua “sexta-feira negra” repleta de conhecimento.

Confira a lista!


Crime e castigo – Fiódor Dostoiévski

Publicado em 1860, Crime e castigo é a obra mais célebre de Dostoievski. Neste livro, Raskólnikov, um jovem estudante, pobre e desesperado, perambula pelas ruas de São Petersburgo até cometer um crime que tentará justificar por uma teoria – grandes homens, como César ou Napoleão, foram assassinos absolvidos pela História. A obra apresenta personagens que lutam para preservar sua dignidade contra as várias formas da tirania. 

crime e castigo


Grandes esperanças – Charles Dickens

Esta obra é uma história de redenção moral do protagonista. Pip, um órfão criado rigidamente pela irmã num lar humilde e disfuncional, que, após herdar inesperadamente uma fortuna, rejeita a família e os amigos por se envergonhar da própria origem.

grandes esperanças


1984 – George Orwell

Publicada originalmente em 1949, a distopia futurista 1984 é um dos romances mais influentes do século XX, mas também um inquestionável clássico moderno. Lançada poucos meses antes da morte do autor, é uma obra magistral que ainda se impõe como uma poderosa reflexão, tanto para aquela época quanto para hoje.

George Orwell, 1984


Cem anos de solidão – Gabriel García Márquez

O autor narra a incrível história da família Buendía, uma estirpe de solitários que habitam a mítica aldeia de Macondo. A narrativa desenvolve-se em torno de todos os membros dessa família, com a particularidade de que todas as gerações foram acompanhadas por Úrsula, uma personagem centenária e uma matriarca das mais conhecidas da história da literatura latino-americana.

Cem anos de solidão


A hora da estrela – Clarice Lispector

Macabéa vive não tem um sentido em sua vida. Depois de perder a tia, viaja para o Rio de Janeiro, aluga um quarto, emprega-se como datilógrafa e se apaixona por Olímpio de Jesus – que logo a trai com uma colega de trabalho. O último livro de Clarice Lispector é também uma despedida. Lançado pouco antes de sua morte, A hora da estrela conta os momentos de criação de Rodrigo, o escritor que narra a história de Macabéa. Ela sabia que a morte estava próxima e coloca um pouco de si nas personagens. Ele, um escritor à espera da morte; ela, uma solitária que gosta de ouvir a rádio Relógio e que passou a infância no Nordeste, assim como Clarice. A despedida da autora é uma obra instigante e inovadora. 

a hora da estrela


Grande sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa

Guimarães Rosa reinventa a língua e eleva o sertão ao contexto da literatura universal, compondo o cenário de uma narrativa épica, uma lição de luta e valorização do homem. Eleito um dos cem livros mais importantes de todos os tempos pelo Círculo do Livro da Noruega.

grande sertão veredas


Qual seu clássico preferido? Conta pra gente!

[wysija_form id=”5″]
Thayane Maria
Comentários

Thayane Maria

Thayane Maria, jornalista e cinéfila. Além de escrever para o Estante Blog, também mantém os seus blogs pessoais no Medium e no Wordpress: @Msmidnightlover e Missmidnightlover. Vive em eterna busca pelo excêntrico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *