5 livros inesquecíveis para contar histórias para crianças

(5 Estrelas - 1 Votos)

Todos mundo tem uma doce lembrança de adormecer ouvindo uma história quando criança. Vamos resgatar essa nostalgia pra vida real?

Ler histórias para crianças é uma eterna tradição. E ela é tão valiosa que nunca pode morrer. Embora a leitura seja um hábito mais “solitário” e individual, há obras que caem superbem para ler junto. Em especial, livros que nos dão liberdade para inventar vozes, despertar  emoção e carisma às narrativas. Nos deslocamos para um universo lúdico e didático que só a literatura proporciona!

Por isso, separamos cinco obras da nossa curadoria ‘Maternidade e Gerações’ do mês de maio para todas as mães, pais, tios, tias, avôs, avós e amigos que desejam embarcar nessa aventura! Vem com a gente :)


Meu crespo é de rainha, de bell hooks

A ativista e feminista bell hooks faz poesia com a diversidade dos cabelos crespos e cacheados. Um poema rimado e ilustrado apresenta às meninas negras diferentes penteados e cortes de cabelo com uma linguagem positiva e alegre. Na contramão da falta de representatividade na mídia, a escritora faz um incentivo à liberdade expressão, amor-próprio e enaltece a beleza dos fenótipos negros. Um livro para que as mães, avós e tias leiam em voz altas para as suas filhas, netas e sobrinhas – de geração em geração.

Meu crespo é de rainha, de bell hooks


O pequeno príncipe, de Antoine Sainty-Exupéry

Quando a pauta envolve magia, este clássico é um dos primeiros que vem à mente de crianças e adultos. Mas não estamos falando de uma magia mística ou desconhecida, mas aquela que é vista poucas vezes na beleza da vida. Antoine de Saint-Exupery narra brilhantemente a história em que um pequeno príncipe conta sua própria história (da sua flor e do seu pequeno planeta). Por meio de imagens simbólicas, o enredo se consolida, na verdade, na representação do próprio escritor em um monólogo interior entre o “eu” e o “outro”. O livro é um dos mais vendidos e traduzidos em todo mundo, ficando apenas atrás da Bíblia.

O pequeno príncipe, de Antoine Sainty-Exupéry


Extraordinário, de Palacio R. J.

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade… até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Uma história emocionante de superação das diferenças e surpresas da vida!

Extraordinário, de Palacio R. J.


A parte que falta, de Shel Silverstein

Sucesso disparado! A sinopse do livro infantil já nos prepara para o que está por vir: “ao explorar o mundo, [o protagonista] talvez perceba que a verdadeira felicidade não está no outro, mas dentro de nós mesmos”. Originalmente publicado em 1976, a história conta o drama de um ser ‘circular’, inicialmente incompleto, que busca por uma outra parte para a sua completude e felicidade. Embora a obra tenha chegado ao Brasil somente em 2013, tivemos um boom de vendas em fevereiro deste ano, após o lançamento do vídeo da youtuber Julia Tolezano, do canal  JoutJout Prazer, recomendando fortemente a leitura sensível e tocante. O autor Silverstein é conhecido por brincar com as palavras por meio de metáforas. Um convite à reflexão sobre o amor, relações interpessoais e tudo de mais belo que podemos encontrar dentro de nós!

A parte que falta, de Shel Silverstein


O menino do dedo verde, de Maurice Druon

Era uma vez Tistu, um menino diferente de todo mundo. Com uma vidinha inteiramente sua, o pequeno de olhos azuis e cabelos loiros deixava impressões digitais que suscitavam o reverdecimento e a alegria. As proezas de seu dedo verde eram originais e um segredo entre ele e o velho jardineiro, Bigode, para quem seu polegar era invisível e seu talento, oculto, um dom do céu. O final surpreendente e singelo. Esta obra tornou-se um clássico da literatura para crianças e jovens em todo o mundo e permanece atual há três décadas, sendo adotado em escolas do Ensino Fundamental de todo o planeta todos os anos. ‘O menino do dedo verde trata de questões relacionadas com os conceitos de convívio social, ética e cidadania; e foi pioneira ao abordar o tema ecologia.

o-menino-do-dedo-verde-maurice-druon

LEIA TAMBÉM: 11 livros infantis com protagonistas negros


Fiquem à vontade para sugerir outros livros para a lista!


Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Andréia Coutinho Louback

Andréia Coutinho Louback

Jornalista em Estante Virtual
Apaixonada por histórias e viciada em comprar livros. Mestre em relações étnico-raciais, ela atua rumo à superação do racismo na sociedade, em especial, na área da comunicação.
Andréia Coutinho Louback
Comentários

Andréia Coutinho Louback

Apaixonada por histórias e viciada em comprar livros. Mestre em relações étnico-raciais, ela atua rumo à superação do racismo na sociedade, em especial, na área da comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares