[Resenha] Colega de quarto, de Victor Bonini

(0 Estrelas - 0 Votos)

O autor de “Colega de quarto”, Victor Bonini, narra um suspense psicológico imperdível para todos os fãs do gênero – além de se tratar de uma obra nacional.

Por Jéssika, do @Saymybook

Eric Schatz se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, mas em seu apartamento começa a perceber que há mais alguém o frequentando. Primeiro, surge um novo par de chinelo. Então, uma outra escova de dentes e barulhos estranhos de modo misterioso. Até que um dia ele vê um vulto do colega de quarto. Desesperado, Eric procura um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento.

Um suspense psicológico incrível. Victor criou um enredo tão perfeito que o final foi quase um tapa na cara. A história que começa meio sobrenatural se desenvolve em um suspense policial e tudo foi tão bem escrito que a surpresa é inevitável. Eu sei que nesse estilo de livro, o leitor deve ser surpreendido ao final. Mas fico feliz quando o livro cumpre seu papel – e mais feliz ainda por saber que é um livro nacional.

 Desesperado, Eric procura um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, depois de uma ligação desesperada – cortada abruptamente – Eric despenca da janela do seu apartamento.

Uma história que merece destaque

Colega de quarto merece ser conferido. Com personagens inusitados, uma trama bem construída e uma edição maravilhosa. A capa e a divisão das partes e diagramação ficaram um capricho só! Apesar de se tratar de um livro investigativo, a leitura não é pesada. A diagramação ajuda muito na fluidez da leitura e a curiosidade te faz virar as páginas.

Eu indico esse livro de todo coração. Ele me surpreendeu, pois tinha comprado porque achei todo misterioso e me surpreendi por ter gostado tanto. Acho que vocês também irão gostar. É tranquilo de ler, é nacional, não é super esquecido, mas definitivamente tinha que ser super lembrado.⠀⠀⠀


⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

*Um pouco sobre mim: sou recém formada em Odontologia, tenho 24 anos, moro em Goiânia e junto com minha irmã, Denise, temos o @saymybook para compartilhar nossas experiências com leituras. Amamos ler e fazer parte de tudo isso, sempre que podemos fazemos eventos literários na nossa cidade e até viajamos pra participar de feiras literárias.

 

Outras indicações do mês de novembro:

@blogparenteses: SEEKER – Arwen Elys Dayton

@ousejalivros: Stolen – Lucy Christopher

@stebookaholic: A máquina de contar histórias – Maurício Gomyde

 

Lendo livros esquecidos é um projeto para divulgar livros que merecem mais destaque. Vocês podem acompanhar outras indicações na hashtag #papodepáginas e seguir a @estantevirtual_oficial.



Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares