16 atividades para fazer com as crianças durante as férias escolares

(5 Estrelas - 3 Votos)

Durante as férias escolares, entrar em um clube de leitura, plantar uma árvore ou criar uma história em quadrinhos são opções para equilibrar o tempo com a tecnologia presente nos videogames, celulares e computadores.

Como dizia o menino Zezé em um dos clássicos da literatura brasileira, Meu pé de laranja lima: “Meu me contaram as coisas muito cedo.” Assim como para Zezé, um menino de 9 anos que encontrou em seu pé de laranja um refúgio para os problemas, é saudável que as crianças usufruam do seu tempo com brincadeiras típicas da idade, não focando apenas nos compromissos que a escola e os cursos demandam. É através da brincadeira que elas aprendem lições, desenvolvem autonomia e começam a construir senso crítico perante o mundo. O brincar representa o papel principal no cotidiano nos primeiros anos de vida do ser humano, sendo fundamental para a construção do caráter e na evolução do lado afetivo, social, cultural, emocional e cognitivo das crianças.

Os limites da tecnologia

Atualmente, além da pressão cada vez mais precoce para que os jovens ingressem nas melhores universidades, as crianças são expostas à dispositivos tecnológicos, como tablets e celulares cada vez mais cedo. De acordo com uma reportagem realizada em 2016 pelo jornal The New York Times, chefes e empregados das maiores empresas de tecnologia do mundo, como Google, Apple, Yahoo e eBay, matriculam seus filhos em escolas que proíbem o usos de computadores, smpartphones ou qualquer outro tipo de tecnologia portátil. Curioso, não? A razão da atitude é que estudos recentes comprovam como a conectividade excessiva e antes do tempo pode causar danos ao cérebro e ao desenvolvimento mental e emocional das crianças.

Além dos prejuízos para o desenvolvimento mental, a utilização prematura de aparelhos tecnológicos também pode causar danos no desempenho escolar e na área do cérebro responsável pela aprendizagem e assimilação de novos conteúdos. Portanto, é essencial que os pais se conscientizem da importância dos pequenos vivenciarem ao máximo o lado lúdico da infância.

Especialmente no período de férias, muitos pais e mães não sabem muito bem como manter seus filhos entretidos. Pensando nisso, criamos uma lista com 16 dicas que podem nortear tanto pais quanto filhos sobre como preencher muito bem esse tempinho longe da escola.

16 dicas para fazer com as crianças durante as férias escolares

1. Monte uma peça de teatro

Que tal criar uma releitura de uma peça? Ou até mesmo criar uma história nova? Criar uma peça de teatro e apresentar para toda a família é uma ótima forma de estimular a imaginação de uma criança. E não se esqueçam dos figurinos!


2. Escreva um livro

Além de ser uma forma de incentivar a escrita à mão, escrever um livro pode ser mais fácil e divertido do que pensam! Basta separar uma folha e dobrá-la ao meio. Na parte de frente e de trás podem conter diversas ilustrações – tal como a capa e a contracapa. Aí basta apenas começar a escrever uma história em outras folhas do mesmo tamanho e colocá-las dentro da primeira que foi dobrada. Prontinho!


3. Crie uma história em quadrinhos

Se o seu filho(a) já for fã de histórias em quadrinhos, ótimo! Mas se ele(a) não conhecer, apresente alguns gibis e proponha o desafio de escrever – e desenhar – uma história parecida com a que está dentro dos quadrinhos.


4 – Sessão de cinema em casa

Chame os amigos do condomínio, da vila ou da escola para fazerem uma sessão de cinema! Os filmes, além de entreter, trazem grandes lições que as crianças aprendem de forma intuitiva – as vezes sem perceber! Prepare a pipoca e divertam-se!



5. Entre em um clube de leitura

Os clubes de leitura como antigamente são raros (mas existem!). Atualmente, existe uma nova forma de ingressar nesses clubes tão divertidos: o YouTube! Aproveite que a maioria das crianças e pré-adolescentes amam assistir vídeos e comece a seguir os Booktubers! São os famosos Youtubers, mas que dedicam-se a divulgação de lançamentos de livros, resenhas e muito mais! Saiba mais em: 10 canais no YouTube para quem é fã de literatura.


6. Desenhe

Além de desenvolver várias áreas do cérebro, quando desenhamos também exercemos a nossa concentração e paciência (principalmente na hora de colorir). Coloque seu filho(a) de frente à uma árvore ou perto de um animal de estimação e peça que desenhe o o que ele(a) está vendo.


7. Reúna a família para contar histórias

Quem nunca riu de doer a barriga com as histórias contadas por aquele parente divertido no Natal? Faça isso mais vezes, mesmo que com poucas pessoas. Outra dica é separar um livro, ler e pedir para que a criança conte a história para a família com suas próprias palavras. Além de incentivar a memória, é uma maneira eficiente de ver como está o desenvolvimento mental da criança, as associações que ela faz e como ela entende a moral da história.


8. Monte uma cabana dentro de casa

Já viram aquelas cabanas montadas nos quartos de crianças que tanto aparecem nos filmes e na TV? Só de vê-las já dá pra sentir uma sensação de conforto, não é? Você pode fazer o mesmo! Pegue alguns lençóis e algumas cadeiras, amarre os lençóis uns nos outros e depois na cadeira ou em algum outro móvel alto. Depois basta pendurar um pisca-pisca em volta e colocar alguns travesseiros lá dentro. Agora entre e passe a noite nesse ambiente tão aconchegante!



9. Plante uma árvore

A educação ambiental é um tema muito discutido desde cedo em escolas de todo o mundo. Pensando nisso, vá em lojas especializadas em botânica e compre algumas sementes. Dependendo do espaço disponível dentro de casa, peça para seu filho(a) colocar as sementes em um jarro com terra e explique para ele(a) a importância do crescimento daquela planta ou árvore. Caso more em apartamento, vá em algum local com bastante natureza e que seja permitido a plantação de árvores.


10. Escreva uma carta (e envie pelo o correio!)

Na era dos smartphones e dos computadores, escrever à mão está ficando cada vez mais raro. Que tal ir nadar um pouco contra a corrente? Separe uma carta antiga (se tiver), daquelas do tempo dos avós e mostre para seu filho(a). Explique que naquele tempo a forma mais comum de comunicação era por carta – e algumas eram até mesmo perfumadas!


11. Vá ao museu

Atividades culturais são sempre bem-vindas. E não existe melhor fórmula de aprender História do que presenciando a própria história! Ir ao museu é uma forma de apresentar para criança um universo inesperado, seja um museu de arte, de história ou uma exposição. Além de divertido, o programa também auxilia no desenvolvimento do senso crítico das crianças.


12. Visite lugares com natureza abundante e faça um picnic

A rotina da maioria das pessoas gira em torno de ambientes fechados, como apartamento, casa, carro ou escritório. Que tal aproveitar as férias para visitar lugares arborizados ou sentindo aquele cheirinho do mar? É importante que crianças desfrutem ao máximo dos estímulos sensoriais que só a natureza é capaz de oferecer. Prepare alguns lanches, compre uma cesta (ou leve tudo dentro de potes) e separe um pano de mesa bonito. Agora junte seu filho(a) e convide os amigos da escola e da vizinhança. A diversão é garantida!



13. Escreva sobre suas férias!

Ao final, peça que seu filho(a) escreva num papel as atividades que mais gostou de fazer nas férias e por que. Conte sobre o dia mais divertido e tudo o que ele(a) deseja fazer nas próximas férias.


14. Leve seu filho ao trabalho

Crianças conseguem energizar e melhorar o astral de qualquer ambiente. Combine com a equipe e organize com o RH um dia para levar seus filhos ao trabalho. A experiência é ótima para explicar na prática às crianças qual a profissão dos pais, como funciona seu dia a dia e quem são os colegas de trabalho.


15. Organize seu quarto

Dizem que organizar a casa é uma forma de organizar também a mente. Se o seu filho(a) já estiver na adolescência, peça que ele(a) arrume seu quarto todo e separe tudo aquilo que não usa mais: brinquedos, roupas menores do que o tamanho atual, material escolar e livros antigos, ou seja, tudo aquilo que já não for mais útil no momento. Separe tudo e doe para uma instituição de caridade ou um orfanato. Com certeza esses itens vão fazer a alegria de muitas crianças!


16. Coloque seus filmes e séries preferidos em dia! (e escreva uma resenha sobre eles)

Em tempos de Netflix, é difícil encontrar uma opção que se compare a ficar em casa, deitado no sofá ou na cama e assistindo a nossa série favorita. Uma opção ótima para todas as idades é fazer uma lista dos seus filmes e séries prediletos, assisti-los (ou revê-los) e ao final, fazer uma resenha sobre eles. Atualmente a internet está repleta de blogs, vídeos e grupos nas redes sociais que compartilham resenhas. Que tal incentivar seu filho(a) a participar de um? E participe você também. Boas férias! 😊


Você tem alguma sugestão de atividade para as férias? Conta pra gente!


Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Thayane Maria

Thayane Maria

Redatora em Estante Virtual
Thayane Maria, jornalista e cinéfila. Além de escrever para o Estante Blog, também mantém o seu blog no Medium: @Msmidnightlover. Vive em eterna busca pelo excêntrico.
Thayane Maria
Comentários

Thayane Maria

Thayane Maria, jornalista e cinéfila. Além de escrever para o Estante Blog, também mantém o seu blog no Medium: @Msmidnightlover. Vive em eterna busca pelo excêntrico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares