10 livros mais vendidos em outubro na Estante Virtual

(3.2 Estrelas - 5 Votos)

Os livros mais desejados por nossos leitores no último mês!

O título mais comprado em outubro pelos nossos leitores é, talvez, o maior clássico em desenvolvimento pessoal. Como fazer amigos e influenciar pessoas teve a primeira edição lançada em 1936, na qual o autor Dale Carnegie apresenta dicas simples, mas extremamente eficazes de como se relacionar com as pessoas à nossa volta.  Com experiências vivenciadas pelo próprio autor e outras ocorridas por personalidades de sua época, como Winston Churchill, John D. Rockefeller, Eleanor Roosevelt, General George C. Marshall, Henry Ford e Abraham Lincoln, a obra mostra ao leitor um ponto de vista simples da complexa arte dos relacionamentos.

O segundo mais vendido é uma obra essencial para compreender a história do preconceito, das injustiças sociais e das consequências que a falta de oportunidade causam em nosso país. Diário de uma favelada, da aclamada autora Carolina Maria de Jesus, conta de forma autobiográfica o dia a dia de uma mulher negra, mãe, pobre e escritora na antiga favela do Canindé, em São Paulo, na década de 1950. A linguagem realista não poupa o leitor dos detalhes mais cruéis do cotidiano dessas pessoas – cercados pela fome e pela miséria.

Confira a lista completa!


Como fazer amigos e influenciar pessoas, de Dale Carnegie

Como fazer amigos e influenciar pessoas comemora 81 anos como o best-seller obrigatório para quem busca o sucesso, seja na vida pessoal ou na vida profissional.

 Como fazer amigos e influenciar pessoas


Quarto de despejo – diário de uma favelada, de Carolina Maria de Jesus

Neste livro aclamado, o duro cotidiano dos favelados ganha uma dimensão universal no diário de uma catadora de lixo. Com uma linguagem simples, ela conta o que viveu, sem amenizar nenhum detalhe.

Quarto do despejo


A droga da obediência, de Pedro Bandeira

O livro que iniciou a série com os “Karas”, uma turma de adolescentes enfrenta o mais diabólico dos crimes. Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes –  enfrentam o sinistro Doutor Q.I, que pretende dominar a humanidade, aplicando na juventude uma perigosa droga – a obediência.

Pedro bandeira, a droga da obediência


A ilha perdida, de Maria José Dupré

Eduardo e Henrique resolvem explorar uma misteriosa ilha e descobrir se as histórias que ouvem sobre o lugar são reais. No entanto, os dois acabam se envolvendo em uma grande aventura em que um velho sábio ensina o respeito e o amor à natureza.

A ilha perdida


Dom Quixote, de Miguel de Cervantes

A história mostra um ingênuo senhor rural cujo passatempo favorito era a leitura de livros de cavalaria. Na sua obsessão, acreditava literalmente nas aventuras escritas e decide tornar-se um cavaleiro andante. As pessoas que encontrava nas estradas se pareciam como cavaleiros ou damas em apuros, gigantes e monstros. Até moinhos de vento na sua imaginação eram seres vivos.

Dom quixote


Inteligência emocional, de Daniel Goleman

O fascinante e convincente livro Inteligência Emocional, de Daniel Goleman mostra que ao contrário do saber científico que dominou o mundo ocidental no últimos séculos, o QI de uma pessoa não é garantia de sucesso e felicidade. Utilizando inovadoras pesquisas cerebrais e comportamentais, Goleman, PhD pela Universidade de Harvard, mostra porque pessoas de QI alto fracassam e outras, com o quociente mais modesto, apresentam uma trajetória de vida de sucesso. 

Inteligência emocional


Cem anos de solidão, de Gabriel Garcia Marquez

Na obra mais conhecida e que eternizou Gabriel Garcia Marquez, o autor narra a incrível história da família Buendía, um grupo de solitários que habitam a aldeia de Macondo. A narrativa desenvolve-se em torno de todos os membros dessa família, com a particularidade de que todas as gerações foram acompanhadas por Úrsula, uma personagem centenária e uma matriarca das mais conhecidas da história da literatura latino-americana.

Gabriel garcia márquez, cem anos de solidão


Regresso ao admirável mundo novo, de Aldous Huxley

Abordando aspectos do primeiro livro, Admirável mundo novo, Huxley defende nesta obra a necessidade da raça humana de educar-se em liberdade, antes que seja tarde demais para a isso. O autor foca naquilo que considera como os dois maiores perigos à raça humana: a superpopulação e superorganização.

Regresso ao admirável mundo novo


 A revolução dos bichos, de George Orwell

Mais de sessenta anos depois de escrita, ela mantém o viço e o brilho de uma alegoria inesquecível sobre as fraquezas humanas que levam ao declínio das grandes revoluções políticas. É irônico que o escritor, para fazer esse retrato cruel da humanidade, tenha recorrido aos animais como personagens. De certo modo, a inteligência política que humaniza seus bichos é a mesma que animaliza os homens.

A revolução dos bichos


Pai rico, pai pobre, de Robert T. Kiyosaki

Um dos livros mais falados da última década, abriu os olhos do mundo para a necessidade de pensar o planejamento de finanças pessoais. Seu conceito é muito simples: com maior inteligência financeira muitos problemas comuns da vida cotidiana podem ser resolvidos. Ao final, o leitor percebe que a cada dia e a cada nota você escolhe ser rico, pobre ou classe média. Só depende de você.

Pai rico, Pai pobre


Você já leu algum dos livros da lista? Qual o seu preferido? Conta pra gente!


Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Thayane Maria

Thayane Maria

Redatora em Estante Virtual
Thayane Maria, jornalista e cinéfila. Além de escrever para o Estante Blog, também mantém o seu blog no Medium: @Msmidnightlover. Vive em eterna busca pelo excêntrico.
Thayane Maria
Comentários

Thayane Maria

Thayane Maria, jornalista e cinéfila. Além de escrever para o Estante Blog, também mantém o seu blog no Medium: @Msmidnightlover. Vive em eterna busca pelo excêntrico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares