5 clássicos de Ziraldo, o herói da infância

(0 Estrelas - 0 Votos)

Com suas histórias, Ziraldo ilustrou a infância de milhares de crianças pelo Brasil.

Quem nunca se emocionou com O menino maluquinho? O livro, e mais tarde o filme, marcaram a vida de inúmeras crianças pelo Brasil. E isso tudo graças a ele mesmo, aquele autor de sobrancelhas grossas e branquinhas – com um rosto conhecido no país inteiro: Ziraldo. Cartunista, chargista, pintor, dramaturgo, caricaturista, escritor, cronista, humorista e jornalista, o multifacetado autor nasceu em 24 de outubro em Caratinga, Minas Gerais e se formou em Direito pela Universidade Federal do estado em 1957. Apesar da formação universitária, sua paixão pelo desenho já se manifestava desde cedo – ele publicou a sua primeira ilustração no jornal Folha de Minas, com apenas 6 anos de idade. Mais tarde, começou a fazer parte do jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo) com uma coluna dedicada ao humor.

Humor e críticas sociais: uma combinação que atraiu fãs e inimigos 

No entanto, a notoriedade só começou a chegar quando ingressou na equipe da popular revista O Cruzeiro e posteriormente no Jornal do Brasil. Os personagens que dava vida nesse período conquistaram milhares de leitores pelo país. Em 1960 lançou a sua primeira revista em quadrinhos, Turma do Pererê, que também foi a primeira história em quadrinhos a cores, feita somente por um autor e produzida no Brasil. Apesar do sucesso, as tiragens foram canceladas logo após o início do regime militar. Em meio a conturbação política e social, Ziraldo fundou um dos periódicos mais conhecidos por sua oposição clara e direta ao governo militar, o famoso O Pasquim, no qual também era diretor. A disseminação do jornal foi a causa de sua prisão, que ocorreu um dia depois do anúncio do AI-5 (Ato Inconstitucional Nº 5).

Oposições à parte, o humor, a veracidade e o senso político característicos de sua obra o levaram a ganhar o Nobel Internacional do Humor, no Salão Internacional de Caricaturas de Bruxelas, além do prêmio Merghantealler – a principal premiação da imprensa livre na América Latina. Suas ilustrações já estamparam revistas americanas, inglesas e também francesas. Em 1980, alcançou enorme sucesso com o lançamento do livro O menino maluquinho, que só aumentou com a adaptação para o cinema e televisão. Confira algumas das obras mais populares do autor!


Vito Grandam, de Ziraldo

Ziraldo conta a história de dois amigos inseparáveis que vivem uma aventura que ocorre entre a realidade e a fantasia. Mas, um acidente envolvendo o tio, faz com que o sobrinho reveja toda a sua vida e admiração pelo Tio Vítor, o grandão.

Vito grandam


O menino maluquinho, de Ziraldo

Uma das histórias mais conhecidas do país, O menino maluquinho fala sobre família, amor, amizade e principalmente a inocência da infância. A trajetória de um menino traquinas emocionou e conquistou leitores em todos os lugares do Brasil. Um menino maluquinho? Diziam as pessoas. Mas não era, não. Mais tarde descobriram que ele só tinha sido um garotinho muito amado e, por isso, muito feliz.

O menino maluquinho


Flicts, de Ziraldo

 O mundo é feito de cores, mas nenhuma é Flicts. Flicts é uma cor rara, frágil, triste e que procurou em vão fazer amizade com as outras cores, mas não foi possível. Abandonada, Flicts tenta encontrar-se em meio a um mar de cores distintas.

Flicts


O menino da lua, de Ziraldo

Ziraldo cria uma história surpreendente, em meio ao sistema solar, onde o nada e o vazio cedem espaço às brincadeiras, às cambalhotas e a tudo aquilo que é eterno como em uma amizade. Em O menino da lua, Ziraldo dá vida a uma turma de nove meninos, habitantes de cada um dos planetas que formam o sistema.

O menino da lua


O pequeno planeta perdido, de Ziraldo

A obra conta a história de um ousado astronauta que foi enviado sozinho ao espaço em direção a um planeta perdido, mas que, por várias razões, não retornou a terra.
O pequeno planeta perdido

Qual obra de Ziraldo marcou sua vida? Conta pra gente!


Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Thayane Maria

Thayane Maria

Redatora em Estante Virtual
Thayane Maria, jornalista e cinéfila. Além de escrever para o Estante Blog, também mantém o seu blog no Medium: @Msmidnightlover. Vive em eterna busca pelo excêntrico.
Thayane Maria
Comentários

Thayane Maria

Thayane Maria, jornalista e cinéfila. Além de escrever para o Estante Blog, também mantém o seu blog no Medium: @Msmidnightlover. Vive em eterna busca pelo excêntrico.

2 comentários em “5 clássicos de Ziraldo, o herói da infância

  • 28.10.2017 a 6:15 pm
    Permalink

    Ziraldo está sempre presente nas minhas aulas.

  • 26.10.2017 a 10:35 am
    Permalink

    Parabéns pela matéria, me agregou muito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares