14 Livros essenciais para estudar Psicologia

Mergulhe fundo no universo da Psicologia com essas obras.

A consciência humana sempre foi um mistério para a sociedade. Apesar de tantos estudos e teorias com base científica, pouco ainda se tem certeza sobre o cérebro e como ele age sobre a nossa personalidade. No entanto, algumas pessoas ousaram dar um mergulho profundo em nossa psique, como os psiquiatras Sigmund FreudCarl Jung.

A Estante Virtual conversou com professores e coordenadores de diversas universidades do país, no intuito de conhecer melhor as suas linhas de estudo, além de saber mais sobre os livros utilizados em cada curso. No âmbito da Psicologia, falamos com Cristine Matter*, professora e coordenadora do curso em uma das melhores universidades do País – segundo o Ranking Universitário da Folha – a Universidade Federal Fluminense (UFF).

Não importa se você é estudante, psicólogo ou apenas um amante da Psicologia, a lista abaixo vai te ajudar a compreender melhor todos esses mistérios. Confira!


Nesta obra, o autor Georges Canguilhem realiza uma tentativa de integrar à especulação filosófica alguns dos métodos da medicina. Propondo uma reflexão filosófica sobre seus métodos e técnicas, com o intuito de conceituá-los para uma mais clara compreensão dos fenômenos patológicos humanos. 

Clique aqui e confira na Estante Virtual

O objetivo dos autores com esta obra foi compreender e libertar a potência do desejo, separando as categorias em que a psiquiatria e a psicanálise o enquadraram. No centro do conflito está a concepção freudiana do inconsciente como teatro e representação, contextualizado com o drama de Édipo. Para Deleuze e Guattari, Édipo, ao contrário do que foi anteriormente dito, não passa da história de um longo “erro” que bloqueia as forças produtivas do inconsciente, aprisiona-as no sistema da família e assim as remete a um teatro de sentimentos reprimidos.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

O presente livro é uma aventura intelectual pela filosofia, psicologia e política. Contém, em forma de estudos, diálogos, trechos de cartas, análises sobre cultura, história, subjetividade, política, e desejos. No entanto, os textos são estudados de uma ótica diferente, colocando questões que atravessam e remexem com vários campos do conhecimento.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Neste clássico de Foucaut, ele aborda o que chamou de arqueologia do saber dos modos de subjetivação, uma nova orientação para o estudo contemporâneo das ciências humanas e o pensamento sobre o poder individual que é exercido com as relações sociais.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Nesta que é, possivelmente, a mais famosa de Carl Jung, o psiquiatra aborda o difícil, perigoso, mas porém necessário relacionamento entre o ego (indivíduo consciente) e o inconsciente, explicando as maneiras do eu diferenciar-se do psiquismo coletivo no processo de individuação ao decorrer da vida.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

A História da loucura, hoje um clássico da filosofia, continuamente refocalizada em toda a parte, vem mantendo a condição de obra essencial. Mais do que isso, deve-se ressaltar o efeito revolucionário de seu discurso,  que ofereceu um outro olhar para concepções antigas e longamente firmadas com o rótulo de verdades científicas, no campo da psiquiatria, onde sua análise crítica atingiu gravemente as noções tradicionais de sanidade e loucura. 

Clique aqui e confira na Estante Virtual

 


Michel Foucault, ao descrever o modo de subjetivação antiga, busca tornar clara a precariedade do modo de subjetivação do pensamento moderno. Relendo Platão, Epicuro, Sêneca, Foucault aborda maneiras de como podemos repensar a política e a individualidade.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Em mais uma obra clássica de Carl Jung, o leitor poderá encontrar uma seleção de trabalhos do autor no qual ele retrata a psicologia infantil, a formação e a percepção de si mesmo (ego) e como se dá o desenvolvimento da personalidade humana, desde suas primeiras influências até a consolidação da mesma.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Com o âmbito de abrir as portas secretas do Ser,  Heidegger aborda a essência da natureza humana, com todos os seus perigos e tendências, e aponta para o fundo do fenômeno que é o indivíduo perante a sociedade.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Esta obra é considerada a base do tripé que segura todo o conhecimento sobre a técnica psicológica da Gestalt-terapia. Aguardada ansiosamente pela comunidade gestáltica no Brasil, foi publicada pela primeira vez em 1951 e reeditada em 1994 para resgatar os fundamentos teóricos sobre os quais o Gestalt se estrutura.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

A publicação das Obras Completas de Sigmund Freud prossegue com o quarto lançamento, o do vol. 18, que inclui os textos aparecidos entre 1930 e 1936, entre eles O mal-estar na civilização e Por que a guerra?, que é uma longa carta e aberta para Albert Einstein.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Este é um clássico do filósofo alemão Martin Heidegger, que continua sendo fundamental para aqueles que pretendem conhecer e entender o ser humano de forma completa, em toda a sua complexidade e profundidade. A longa trajetória mental deste autor rendeu uma valiosa contribuição intelectual para a humanidade. ‘Ser e tempo’ ultrapassa em muito uma simples obra de filosofia, ela navega nos oceanos da psicologia e da natureza do ser humano.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Nesta obra, Heidegger  faz um convite ao leitor para participar da vida da filosofia, e não apenas ser mais uma pessoa que adquiri o conhecimento dela. O pensamento filosófico é narrado, de forma que o leitor o compreenda o internalize em sua psique e dentro de suas relações, consigo mesmo ou com a sociedade.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Nesta obra, a filosofia é apresentada como aquilo que tem o caráter de um questionamento próprio, e que  além de transformar a essência do homem, também se mistura a ela, criando uma relação de dependência profunda entre o indivíduo, a verdade, e a verdade de sua essência.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

*Cristine Matter é mestre em Psicologia pela UFF e doutora em Psicologia Social pela UERJ. Desde 2012 é professora do curso na UFF de Niterói (RJ), no qual atua na área de psicologia clínica, com ênfase em fenomenologia existencial, filosofia e estudos da subjetividade. Além disso, Cristine atua atualmente um projeto de extensão acadêmica, que atua na área de conjugalidade e relações afetivas e oferece tratamento gratuito para casais no SPA (Serviço de Psicologia Aplicada) da universidade. Em 2016, Cristine lançou dois livros: “Mulher, intimismo e violência conjugal: tecendo redes e histórias e “Psicologia, cuidado de si e clínica: diálogos com Kierkegaard e Foucault.” Mais livros universitários para a volta às aulas na Estante Virtual!


Indicaria mais algum livro sobre Psicologia? Deixe sua opinião!

Thayane Ferreira

Thayane Ferreira

Redatora em Estante Virtual
Thayane Maria, jornalista e cinéfila. Se considera uma Pin-Up, mas mística e selvagem. Além de escrever para o Estante Blog, também mantém o seu blog no Medium: @Msmidnightlover. Vive em eterna busca do excêntrico.
Thayane Ferreira

Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Comentários

Thayane Ferreira

Thayane Maria, jornalista e cinéfila. Se considera uma Pin-Up, mas mística e selvagem. Além de escrever para o Estante Blog, também mantém o seu blog no Medium: @Msmidnightlover. Vive em eterna busca do excêntrico.

3 comentários em “14 Livros essenciais para estudar Psicologia

  • 03.08.2017 a 5:57 pm
    Permalink

    Realmente muito limitada. Achei que limita a Psicologia ao campo filosófico. Contribui para a expansão do conhecimento mas pouco para a atuação. Vamos lá para mais alguns autores:
    Lacan
    Klein
    Winnicot
    Fiorini
    Zimerman
    Bion
    Sílvia Lane
    Wanderley Como
    Bleger
    Rollo May
    Vogotsky
    Marilena Chaui
    Mezan
    Sem falar na abordagem comportamental e cognitiva que não é minha área. Mas faz parte do enredo e tem sua contribuição

  • 27.07.2017 a 4:48 pm
    Permalink

    Lista maravilhosa e seguindo bem a linha filosófica da Uff. Amei!

  • 24.07.2017 a 10:25 pm
    Permalink

    Uma pena que em uma lista reduzida de livros sobre psicologia (14) apenas quatro livros sejam de psicologia. Os demais são todos ótimos livros, não há representantes da psicologia comportamental, somente Perls no vasto campo da psicologia humanista, nem Piaget nem Vigotskii… Sei que a lista é pequena mas apenas quatro livros de psicólogos é estranho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares