A rainha Elizabeth II completa 91 anos

Como diria Sid Vicious, vocalista da banda inglesa Sex Pistols, Deus salve a rainha!

A rainha Elizabeth II nasceu em Londres, no dia 21 de abril de 1926 e este mês completa 91 anos! Após a morte de seu pai, Jorge VI, em fevereiro de 1952, Elizabeth assumiu o trono bastante jovem, com apenas 25 anos, tornando seu reinado o mais longo da história da monarquia britânica. Acompanhando a tecnologia, a sua coroação foi a primeira na história a ser televisionada.

Apesar de sua data de nascimento ser em abril, para os ingleses, a comemoração de seu aniversário acontece em junho. A razão para isto: o clima. Comemorando no mês de junho, durante o verão no hemisfério norte, as chances da celebração ser feita com um dia de sol aumentam consideravelmente.

Apesar da tradição, a monarquia é alvo frequente de críticas por conta de uma parcela dos ingleses, que se sentem descontentes com a vida de luxo da família real e consideram o reinado antiquado e em desalinho com século 21.  Mas, assim como em todo o mundo, na Inglaterra a política também é bastante polarizada e a rainha ainda mantém diversos apoiadores.

Ela dedicou boa parte de sua vida aos valores diplomáticos de sua nação, uma aspiração já estava presente desde cedo, como ela demonstrou no discurso que realizou em sua primeira viagem internacional, na África, aos 21 anos: “Eu declaro diante de vocês que toda minha vida, seja ela longa ou curta, será dedicada ao seu serviço e ao serviço da nossa grande família imperial, à qual todos nós pertencemos.”

No mês de aniversário da queen Elizabeth II, conheça outras rainhas na literatura!


Nesta história real, escrita por Alexandre Dumas, é narrado um período histórico que se passa em 1572, quando as guerras de religião dilaceravam a França. Por conveniência política, uma princesa católica  é obrigada a se casar com o rei protestante de Navarra, um pequeno país ao sul. Ela é Margarida de Valois, ou Margot, simplesmente; ele, o jovem Henrique de Navarra. Ao promover esse casamento sem amor, Catarina de Médicis, mãe da noiva e de Carlos IX, rei da França, espera obter a paz entre católicos e protestantes. Ocorre, porém, o contrário do esperado.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

O autor Lytton Stratchey inovou ao introduzir em uma biografia elementos de ficção e um novo formato narrativo ao interpretar personalidades reais. Em Rainha Vitória, Stratchey criou o melhor retrato literário da monarca que é um símbolo do Império Britânico.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

A rainha branca representa o primeiro livro da trilogia A guerra dos primos, da autora Philippa Gregory. Esta obra narra a vida de uma das mais polêmicas rainhas de Inglaterra, Isabel Woodville, uma plebeia viúva que conquistou e casou com Eduardo IV e que, com a sua ambição e determinação, mostrou estar à altura das exigências da sua nova posição social.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Nesta obra de fantasia escrita pela americana Victoria Aveyard, é narrada uma distopia, na qual o mundo é governado pelos Prateados – uma elite que compara si mesma aos deuses. Por ter um sangue “especial”, eles acreditam que podem mandar e desprezar os Vermelhos, pessoas normais de sangue comum que vivem em extrema pobreza, lutando em uma guerra que não concordam. Os direitos do livro foram comprados pelo cinema, e logo terá uma adaptação. Os fãs já o consideram como o próximo Jogos Vorazes. Quem sabe?!

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Quem é fã de épicos repletos de misticismo e em uma atmosfera ritualística, deve começar a ler A senhora de Avalon urgente! Neste romance grandioso de Marion Zimmer Bradley, guerras e conflitos de amor e ódio são ingredientes que ditam a história. O livro conta a história de uma ilha sagrada, que é contada por sucessivas gerações de sacerdotisas que servem à Grande Deusa da era pagã. A história destaca a vida de três mulheres: Caillean, Dierna e Ana, que reinam a Inglaterra dos tempos medievais, ao mesmo tempo que enfrentam seus destinos.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Nesta grande ficção de magia, é narrada a vida em Darkover, o mundo do sol vermelho, que começou a existir ainda na era da civilização, conhecida na história como Era do caos. Naquele tempo os poderes do mal foram utilizados numa luta pelo poder, entre os domínios em ascensão e isto ameaça transformar Darkover em uma réplica assustadora, assombrada pelos males que dominavam a terra.

Clique aqui e confira na Estante Virtual

Qual rainha da literatura você gosta mais? Compartilha com a gente!


Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares