7 livros de Monteiro Lobato para comemorar o Dia Nacional do Livro Infantil

Celebre a data com a gente através dessa seleção de grandes títulos.

No dia 18 de abril é comemorado no Brasil, o Dia Nacional do Livro Infantil. A data foi uma justa homenagem a um de nossos maiores escritores, que dedicou mais da metade de suas obras às crianças. Adivinha de quem estamos falando? Sim, Monteiro Lobato. Nascido em 1882, na cidade de Taubaté, em São Paulo, ele foi escritor, editor, fundador da Editora Monteiro Lobato e mais tarde da Companhia Editora Nacional. Antes de Lobato todos os livros eram impressos em Portugal; com ele inicia-se o movimento editorial brasileiro.

A primeira história infantil de Monteiro Lobato foi A menina do narizinho arrebitado, publicada em 1920, e o sucesso do livro fez com que outros tantos surgissem, imortalizando as personagens Dona Benta, Pedrinho, Narizinho, Tia Nastácia, a boneca Emília, o Saci e o Visconde de Sabugosa, que posteriormente seriam eternizados no Sítio do PicaPau Amarelo, produzido pela primeira vez para a TV no final dos anos 1970.

O escritor foi o precursor da literatura paradidática, cuja principal característica é permitir que a criança aprenda enquanto brinca e lê. Em suas obras são preservados os costumes do povo do interior e as lendas do folclore brasileiro. Fatos que o consagraram como um dos maiores e mais importantes escritores brasileiros do século passado. Para celebrar este dia, confira abaixo 10 obras essenciais do mestre!


Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato

O livro conhecido como a locomotiva do comboio da saga do Picapau Amarelo, reúne as onze histórias que Lobato começou escrevendo em 1920. Surgem ali Narizinho, Pedrinho, o Visconde, Rabicó, Tia Nastácia, e, claro, Emília, que comanda todas as travessuras em um misto de realidade e fantasia, trazendo à cena personagens clássicos da literatura infantil mundial, como Cinderela, Branca de Neve, o Gato Félix, todos ilustres convidados de cada uma das festas.

Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Caçadas de Pedrinho e Hans Staden, de Monteiro Lobato

Publicado em 1933, o livro aborda a continuação do clássico “O Pica-Pau Amarelo”, com novas histórias e aventuras de seus personagens.

Caçadas de Pedrinho e Hans Staden monteiro lobato
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

História do mundo para as crianças, de Monteiro Lobato

Um dia Dona Benta recebe pelo correio o clássico Child’s history of the world, de V. M. Hillyer. Depois de folhear o livro, decide contar aos netos a história do mundo, que, segundo ela, daria um verdadeiro romance. Com a turma toda reunida, começa a narrar os fatos de um jeito fácil de entender e encantador, que fazia todo mundo querer mais. É assim que Monteiro Lobato apresenta aos pequenos A História do mundo para crianças.

Estante Virtual História do mundo para as crianças, de Monteiro Lobato
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Geografia de Dona Benta, de Monteiro Lobato

Após Dona Benta contar a história do mundo a seu modo, Narizinho e Pedrinho pediram mais histórias. Dona Benta, então, sugeriu física e química, entre outros assuntos.

Geografia de Dona Benta, de Monteiro Lobato
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

D. Quixote das crianças, de Monteiro Lobato

Enquanto bisbilhotava a biblioteca do Sítio, Emília encontrou um livro muito interessante: Dom Quixote de La Mancha. Curiosa, a boneca quis logo saber do que se tratava.

D. Quixote das crianças, de Monteiro Lobato
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O poço do Visconde, de Monteiro Lobato

O Visconde descobrira entre os livros de Dona Benta um tratado de geologia e pusera-se a estudar essa ciência – a história da terra, não da terra-mundo, mas a terra-terra, da terra-chão. O pessoal do sítio estava justamente pensando em escavar um poço de petróleo. Ninguém melhor do que o pequeno sábio para introduzi-los nos mistérios da geologia.

O poço do Visconde, de Monteiro Lobato
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Fábulas, de Monteiro Lobato

Histórias que divertem e, ao mesmo tempo, trazem uma lição de moral, as fábulas têm como personagens principais os bichos, que falam, pensam e interagem com os homens. Carneiros unidos contra uma raposa, um burro metido a juiz, um macaco que passa a perna no gato e muitos outros animais povoam as páginas deste livro.

Fábulas, de Monteiro Lobato
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

E você, qual livro acrescentaria a lista? Comente e participe!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares