Stephen Hawking: A física e o universo mais próximos de nós

(0 Estrelas - 0 Votos)
Aos 75 anos, o físico teórico e cosmólogo britânico, Stephen Hawking, é um dos mais consagrados cientistas da atualidade.

Exemplo de superação e inteligência, Stephen Hawking é um dos grandes cientistas de nosso tempo, responsável por contribuições fundamentais ao estudo dos buracos negros. Além de cientista, o britânico tornou-se ainda ícone pop, trazendo temas complexos de forma acessível ao grande público. É comum vê-lo em programas como The Big Bang Theory e Os Simpsons, ou representado em filmes como Star Trek e A Teoria de Tudo – o qual rendeu o Oscar de Melhor Ator para Eddie Redmayne, em 2016, no papel do cientista.

Considerado o mais brilhante físico teórico desde Albert Einstein, sua história é marcada pela superação de limites. Com apenas 21 anos, ele foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa que enfraquece os músculos do corpo. Depois de quase 50 anos de diagnóstico, ele perdeu o domínio sobre grande parte do corpo. Mas, apesar do grave problema, Hawking nunca deixou de estudar, tornando-se Ph.D. em cosmologia pelo Trinity Hall, em Cambridge. Casou-se, teve três filhos e um neto e é referência quando o assunto é Física e Cosmologia.

Ele recebeu inúmeros prêmios e honrarias, incluindo, mais recentemente, a Medalha Presidencial da Liberdade. Em 1974, tornou-se membro da Academia Real de Ciência, criada em 1660. Um ano depois, recebeu das mãos do papa uma medalha de ouro em homenagem aos seus estudos científicos. Além disso, foi o ganhador do Prêmio Albert Einstein. Seu sucesso como pesquisador acabou rendendo o cargo de professor de Matemática na Universidade de Cambridge, na Inglaterra, posição que ele manteve por 30 anos. Cogita-se ainda a hipótese de Hawking ganhar um Nobel.

Seus livros para o público geral incluem o clássico Uma breve história do tempo, a coletânea de ensaios Buracos negrosO universo numa casca de noz, Uma nova história do tempo e O grande projeto. Além de um livro infantil, Hawking, com a ajuda de sua filha Lucy, colaboraram com a escrita do livro George’s Secret Key to the Universe que, em uma tradução livre, seria “A chave secreta de George para o Universo”, propondo explicar às crianças alguns conceitos importantes da Ciência. Confira esses e outros títulos!


Uma breve história do tempo, de Stephen Hawking

Stephen Hawking guia o leitor na busca por respostas a algumas das maiores dúvidas da humanidade: Qual a origem do universo? Ele é infinito? E o tempo? Houve um começo e haverá um fim? Existem outras dimensões além das três espaciais? E o que vai acontecer quando tudo terminar? Com ilustrações criativas e texto bem-humorado, Hawking desvenda desde os mistérios da física de partículas até a dinâmica das centenas de milhões de galáxias do universo. Para o iniciado, é uma bela representação de conceitos complexos; para o leigo, é um vislumbre dos segredos mais profundos da criação. A obra é considerada uma das mais importantes do século XX e vendeu cerca de 8 milhões de cópias.

Uma breve história do tempo, de Stephen Hawking
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O universo numa casca de noz, de Stephen Hawking

O universo numa casca de noz apresenta ilustrações, fotos e esquemas detalhados para mostrar grandes descobertas no campo da física teórica. Tudo isso, é claro, com a conhecida clareza de Hawking, em que elucida temas complexos por meio de conceitos e ideias do dia a dia, como inflação, cartas de baralho e linhas ferroviárias.

O-UniversoNumaCascaDeNoz
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Buracos negros, de Stephen Hawking

Em duas exposições memoráveis, um dos maiores gênios da atualidade argumenta que, se pudéssemos compreender como os buracos negros funcionam e como eles desafiam a natureza do espaço e do tempo, seríamos capazes de desvendar os segredos do universo. Insights de toda uma vida são apresentados com a lucidez e a já conhecida verve cômica de Hawking, acrescidos de notas explicativas que situam o leitor nos trechos mais cruciais. Enquanto a maioria dos especialistas se conforma com o fato de trabalhar com temas praticamente ininteligíveis para o público geral, Stephen Hawking tomou para si o papel de grande paladino da divulgação científica – e nesse pequeno livro, mais uma vez, extrapola todas as expectativas.

Buracos negros, de Stephen Hawking
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Minha breve história, de Stephen Hawking

Minha breve história conta a trajetória de Hawking, desde a infância na Londres do pós-guerra até o reconhecimento científico internacional. Com fotos pessoais, raramente publicadas, este relato apresenta o leitor a um Hawking quase nunca vislumbrado nos livros anteriores – o estudante curioso que foi apelidado de Einstein; o brincalhão que já apostou com um colega sobre a existência de um buraco negro; e o jovem marido e pai lutando para alcançar prestígio no mundo da física e da cosmologia. Hawking discorre sobre os desafios que precisou enfrentar após o diagnóstico de esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos. Ao contar sobre o desenvolvimento de sua carreira, ele explica que a ideia de uma morte prematura o incitou a se dedicar com mais afinco às descobertas intelectuais.

MinhaBreveHistoria
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O fim da Física, de Stephen Hawking

O tema do fim foi sempre um motivo abundantemente glosado em cada repetido fim de século. Este terror apoderou-se de algumas populações no final do primeiro milénio da era cristã. Entrou-se para as igrejas e rezou-se. A metáfora do fim da história está em voga nalguns meios culturais deste final do segundo milénio. Entra-se para as revistas e discute-se. Não admira que a ciência, banhada como está num contexto sociocultural, se abalance hoje a tratar do tema do fim: o fim de si própria e o fim do seu objecto de estudo. Mas é curioso que seja um homem perseguido pela eminência do seu próprio fim a lançar várias interrogações sobre o fim e a procurar com a tenção respectivas respostas

O fim da Física, de Stephen Hawking
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O grande projeto, de Stephen Hawking e Leonard Mlodinow

Ao lado do físico Leonard Mlodinow – do best-seller O andar do bêbado, Hawking recorre à física de ponta para responder perguntas fundamentais, como: Por que existe tudo em vez de nada? Por que nós existimos? Por que somos regidos por um conjunto específico de leis físicas e não por outro? Trata-se de uma aproximação que pode finalmente explicar o mistério da criação do universo, sem precisar da intervenção de uma figura divina.

O grande projeto, de Stephen Hawking e Leonard Mlodinow
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Uma nova história do tempo, de Stephen Hawking e Leonard Mlodinow

Contribuição revigorante à literatura científica, esse livro explica de forma mais clara e pausada os principais conceitos abordados no best-seller mundial Uma breve história do tempo, além de registrar os últimos progressos na busca por uma teoria unificada de todas as forças da física. As respostas dadas pelo professor Hawking e seu amigo Leonard Mlodinow – do best-seller De primatas a astronautas iluminam as mais importantes questões sobre a natureza do espaço e do tempo, o papel de Deus na criação e a história e o futuro do universo.

Uma Nova História do Tempo, de Stephen Hawking e Leonard Mlodinow
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Os gênios da ciência: Sobre os ombros de gigantes, de Stephen Hawking

Hawking oferece uma compilação dos escritos de alguns dos maiores pensadores do mundo nos campos da física e da astronomia. No livro estão Nicolau Copérnico, Galileu Galilei, Johannes Kepler, Isaac Newton e Albert Einstein.

Os gênios da Ciência - Sobre os ombros de gigantes, de Stephen Hawking
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Agora, conta para a gente o que vocês acharam das leituras ;)

Comentários

Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Jornalista Multimídia em Estante Virtual
Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.
Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.

2 comentários em “Stephen Hawking: A física e o universo mais próximos de nós

  • 24.04.2017 a 10:55 am
    Permalink

    Parabéns pela iniciativa, esse artigo ajudará muitas pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares