Dia Nacional da Visibilidade Trans: 5 livros representativos

Leituras que vão ajudar a dar luz as identidades de gênero e orientação sexual.

Infelizmente, o Brasil ainda é um dos países que mais matam transexuais e travestis no mundo. Assim, o dia 29 de janeiro foi escolhido como Dia Nacional da Visibilidade Trans, com intuito de dar transparência ao assunto, buscando um futuro mais igualitário, com oportunidades para todos e a favor de políticas públicas educacionais à sociedade para o respeito e para a valorização da diversidade.

A data foi escolhida porque neste dia travestis e transexuais estiveram no Congresso Nacional para falar aos parlamentares brasileiros sobre a realidade dessa população, que até o momento só era vista por meio da prostituição e da anormalidade. Essas pessoas acabam sendo excluídas do mercado de trabalho, o que contribui diretamente para um quadro de vulnerabilidade social. Para se ter ideia, segundo a União Nacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (UNALGBT), a expectativa de vida de uma pessoa trans no Brasil é de 35 anos, enquanto a da população em geral, de 70 anos.

Transfobia mata e a melhor solução é a informação e o respeito em prol da dignidade. Confira alguns autores, indicados pelo portal Transconnection, que abordaram o tema de forma lúdica e clara!


Viagem solitária, de João W. Nery

Autobiografia de João W. Nery, o primeiro homem transexual a realizar a transição de gênero no Brasil, que ocorreu durante a ditadura militar. Ela é narrada após viver 30 anos sem que ninguém soubesse de sua identidade trans e ter um filho já adulto.

 Viagem solitária, de João W. Nery
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Nome e sexo: Mudanças no registro civil, de Tereza Rodrigues Vieira

O nome civil é um dos principais símbolos da personalidade do indivíduo, capaz de particularizá-lo no contexto da vida social e produzir reflexos na ordem jurídica. Dessa importância resulta que, se o nome civil é sentido pela pessoa como uma carga pesada demais, poderá pleitear sua alteração em juízo. A presente obra trata dessa possibilidade de maneira abrangente, num estudo que se fundamenta na doutrina e na legislação nacionais e estrangeiras, em entendimentos jurisprudenciais atuais e, ainda, nos subsídios fornecidos pelos estudos científicos mais recentes e pelas transformações sociais observadas.

Nome e sexo Mudanças no registro civil, de Tereza Rodrigues Vieira
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Transexuais: perguntas e respostas, de Gerald Ramsey

O que são transexuais? Por que desejam mudar de sexo? A terapia pode curá-los? Gerald Ramsey, um psicólogo que há vinte anos trabalha nas comissões de gênero que acompanham o processo de redesignação sexual, dá explicações claras e detalhadas para as dúvidas que mais ouviu de familiares e amigos de transexuais, e mesmo de seus colegas médicos e terapeutas.

Transexuais perguntas e respostas, de Gerald Ramsey
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Nicola: Um romance transgênero, de Danilo Angrimani

Um professor universitário sisudo, casado e com filhos, tem uma vida secreta: quando se olha no espelho, vê uma mulher vagabunda e aventureira esperando para se manifestar. Primeiro romance brasileiro a explorar a fluidez de gêneros, Nicola acompanhaum personagem que se traveste com uma linguagem vigorosa, honesta e sem qualquer vulgaridade.

Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Vivência transexual: O corpo desvela seu drama, de Maria Jaqueline C. Pinto e Maria Alves de T. Bruns

Discussões sobre a sexualidade humana têm surgido frequentemente em decorrência dos avanços no conhecimento da saúde, e por ser um assunto controverso, ou mesmo um tabu, pois quando o tema é transexualidade, há uma busca frenética no sentido de desvendar esse fenômeno. Este livro visa contribuir para uma reflexão mais crítica acerca da transexualidade, a fim de delinear novos horizontes e novas pesquisas, visando colaborar com aqueles que atuam neste seguimento.

vivencia-transexual
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Já conhecia os títulos? Qual outro indicaria para lista? Participe! 

Comentários

Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Jornalista Multimídia em Estante Virtual
Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.
Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.

Um comentário em “Dia Nacional da Visibilidade Trans: 5 livros representativos

  • 29.03.2017 a 1:34 am
    Permalink

    oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares