Cinco TED Talks sobre literatura

(0 Estrelas - 0 Votos)
Palestras que trouxeram para o palco o poder da leitura

Conhecimento compartilhado e gratuito é a base de muitas plataformas na internet. Em uma busca despretensiosa podemos encontrar grandes nomes acadêmicos e literários transmitindo informação em vídeo no youtube. Pensando nisso, separamos cinco palestras realizadas em conferências no TED Talks pelo mundo, para satisfazer sua curiosidade e expandir seus conhecimentos em até 18 minutos. Confira:

Elif Shafak: A política da ficção

Ouvir histórias amplia a imaginação; contá-las nos permite pular muros culturais, abraçar experiências diferentes, sentir o que os outros sentem. A escritora e colunista turca Elif Shafak parte dessa ideia simples para argumentar que a ficção pode superar a política de identidade. Veja também a estante da autora no acervo da EV clicando aqui!


Stephen Burt: Por que as pessoas precisam de poesia

Todos nós vamos morrer – e poemas podem nos ajudar a viver com isso. Numa palestra elegante e engraçada, um dos mestres da crítica literária norte-americana, Stephen Burt nos leva a uma jornada lírica com alguns de seus poetas favoritos, por todo o caminho até o fim da linha e de volta ao desejo humano de imaginar. Ele fala de sua relação com a poesia com tanto amor que, sua palestra é uma resposta curta e concisa a todos os céticos que perguntam qual é a importância dos versos. Veja também a estante do autor no acervo da EV clicando aqui!


Cristina Domenech: A poesia que liberta a alma

Dizem que para ser poeta é preciso descer ao inferno alguma vez. Cristina Domenech coordena cursos de redação em uma prisão argentina e conta a história comovente de ajudar pessoas encarceradas a se expressarem, a entenderem a si mesmas… e se alegrarem na liberdade da palavra. Preste atenção à leitura intensa de um de seus alunos, um prisioneiro, para um público de 10 mil pessoas.


Ann Morgan: Meu ano lendo um livro de cada país

Ann Morgan, escritora e editora de livros britânica, resolveu ler uma obra literária de cada país do mundo para saber o que estava perdendo. E descobriu que era muita coisa. Ela percebeu um ponto cego cultural em sua estante e como haviam muito poucas obras de autores além do mundo de língua inglesa. Assim, ela estabeleceu uma meta ambiciosa: ler um livro de todos os países do mundo ao longo de um ano. Essa também foi uma maneira de estimular as editoras a enviarem as obras traduzidas. Você pode explorar o mapa interativo de sua jornada literária no link: go.ted.com/readtheworld


Tai Lopez: Porque eu leio um livro por dia – A lei dos 33%

Nesta palestra, Tai Lopez explica a importância encontrar um mentor e ser o mentor de alguém. E somente através da leitura conseguimos absorver o conhecimento de pessoas que foram muito importantes em suas áreas do conhecimento, mas já não estão entre nós. Ele fala que “o sistema educacional afasta as pessoas dos livros”, mas que é necessário tratarmos os livros como amigos, aos quais não lemos apenas uma vez. Visitamos sempre que necessário e aprendemos com eles.


Leia também: Ted Talks: o Guia Oficial do Ted para Falar Em Público

Gostou? Comente e compartilhe com a gente!

Comentários

Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Jornalista Multimídia em Estante Virtual
Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.
Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares