10 livros indicados por Mark Zuckerberg

(0 Estrelas - 0 Votos)

No ano passado, Mark Zuckerberg definiu um novo desafio para seu ano . O fundador do Facebook iniciou um clube do livro chamado: “A year of books“. Durante o período, Zuckerberg recomendou e discutiu 23 títulos com o grupo – cerca de um a cada duas semanas. Os livros enfatizam a aprendizagem sobre culturas, crenças, histórias e tecnologias. Na página, alguns autores foram convidados para comentar as obras e tirar dúvidas dos leitores. Como Matt Ridley, que respondeu perguntas ao vivo sobre o livro O Otimista Racional.

Gostamos da iniciativa e resolvemos dividir com vocês 10 obras que estão disponíveis em português no acervo da Estante Virtual. Vem dar uma olhada!

Criatividade S.A. – Ed Catmull

Qual a fórmula do sucesso por trás de filmes adorados por multidões como Toy Story, Mostros S.A ou Procurando Nemo? Em Criatividade S.A., Ed Catmull conta a trajetória de sucesso do mais importante e lucrativo estúdio de animação da atualidade, a Pixar, que ele ajudou a fundar, ao lado de Steve Jobs e John Lasseter, em 1986, Dos encontros da equipe ás sessões de brainstorm, Catmull mostra como se constrói uma cultura da criatividade, num livro definitivo para quem busca inspiração para os próprios negócios.

criatividade-sa
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Sapiens: Uma breve historia da humanidade – Yuval Noah Harari

O que possibilitou ao Homo sapiens subjugar as demais espécies? O que nos torna capazes das mais belas obras de arte, dos avanços científicos e das mais horripilantes guerras? Yuval Noah Harari aborda estas e muitas outras questões da nossa evolução. Ele repassa a história da humanidade, relacionando com questões do presente. E consegue isso de maneira surpreendente. Doutor em história pela Universidade de Oxford e professor do departamento de História da Universidade Hebraica de Jerusalém, seu livro não entrou por acaso nas listas dos mais vendidos de 40 países para os quais foi traduzido. Sapiens impressiona pela quantidade de informação, oferecida em linguagem acessível, atraente e espirituosa.

sapiens-harari
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O Otimista Racional – Matt Ridley

Ao contrário do pessimista generalizado, um economista prova que a vida vem melhorando o mundo. O jornalista especializado em ciência Matt Ridley acredita que há motivos para ser otimista com relação aos seres humanos. A vida está melhorando, e a um ritmo acelerado. Disponibilidade de alimentos, renda e expectativa de vida estão em alta; doença, mortalidade infantil e violência estão em queda ? em todo o mundo. Este livro cobre todo o movimento da história humana, desde a Idade da Pedra até a internet para mostrar que, graças à incessante capacidade humana para a inovação, o século XXI verá a prosperidade das sociedades e a biodiversidade natural aumentadas. Nenhum outro livro argumentou com tanto brilho e fôlego histórico contra o pessimismo automático dominante.

otimista-racional
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

A Estrutura das Revoluções Científicas – Thomas S. Kuhn

Obra tida hoje como uma contribuição fundamental para o estudo da história das ciências e das idéias. À sua luz, as revoluções sociotecnológicas e políticas do mundo moderno são reintegradas no processo estrutural específico, assim como no contextual. Kuhn argumenta que a ciência não é estacionária, mas, ao contrário, “uma série de interlúdios pacíficos pontuados por revoluções intelectualmente violentas”.

A Estrutura das Revoluções Científicas, Thomas S Kuhn
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Por que as nações fracassam – Daron Acemoglu e James Robinson

Por meio de um texto instigante, “Por que as nações fracassam” responde à pergunta que há séculos instiga diversos estudiosos: por que algumas nações são ricas e outras são pobres, divididas por riqueza e pobreza, saúde e doença, comida e fome?  Já no prefácio – o autor questiona o porquê de os egípcios lotaram a Praça Tahrir para derrubar Hosni Mubarak e o que isso significa para nosso entendimento das causas da prosperidade e da pobreza.

por-que-as-nacoes-fracassam
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O fim do poder – Moises Naim

O mundo vem passando por uma série de transformações. Potências hegemônicas como os Estados Unidos têm de lidar com cada vez mais limitações em sua atuação, e as grandes companhias agora enfrentam a crescente ameaça dos pequenos empreendimentos. O poder, na política ou nos negócios, está se tornando mais fragmentado. Ao longo de ´O fim do poder´, o escritor Moisés Naím discute as mudanças pelas quais o mundo vem passando desde meados do século XX e procura explicar por que o poder é hoje tão transitório – e tão difícil de manter e usar -, examinando o papel das novas tecnologias e identificando as forças que estão por trás dessas transformações. Não se trata do fim das grandes corporações ou do conceito de ´potência hegemônica´, mas sim de um fenômeno mais complexo, no qual todos nós estamos envolvidos, e que está instaurando um paradigma inédito na história da humanidade.

o-fim-do-poder-moises-naim
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Os Anjos Bons da Nossa Natureza – Steven Pinker

Ao longo de sua existência, a humanidade exibiu uma notável tendência de redução do comportamento agressivo, com as taxas de morte por violência caindo exponencialmente no decorrer dos séculos. Quais são as razões dessa mudança? Por que é tão difícil acreditar que vivemos num mundo menos violento hoje? “Um dos livros mais importantes que já li – não apenas este ano, mas na vida.” – Bill Gates

os-anjos-bons-da-nossa-natureza-steven-pinker
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O Problema dos Três Corpos – Cixin Liu

China, final dos anos 1960. Enquanto o país inteiro está sendo devastado pela violência da Revolução Cultural, um pequeno grupo de astrofísicos, militares e engenheiros começa um projeto ultrassecreto envolvendo ondas sonoras e seres extraterrestres. Uma decisão tomada por um desses cientistas mudará para sempre o destino da humanidade e, cinquenta anos depois, uma civilização alienígena a beira do colapso planeja uma invasão. O problema dos três corpos é uma crônica da marcha humana em direção aos confins do universo. Uma clássica história de ficção científica, no melhor estilo de Arthur C. Clarke. Um jogo envolvente em que a humanidade tem tudo a perder.

o-problema-dos-tres-corpos
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Chefe de Quadrilha por um Dia – Sudhir Venkatesh

De forma honesta e divertida, Venkatesh relata seus anos de convivência com uma quadrilha de traficantes de crack de Chicago, num olhar fascinante dentro do complexo mundo da pobreza urbana de Windy City. Venkatesh morou num dos guetos mais terríveis dos Estados Unidos por quase uma década. Entrou com a visão de alguém de fora e saiu com o acesso de alguém de dentro. Vários escritos sobre a pobreza costumam reduzir os seres humanos, que vivem, respiram, brincam, lutam, amam e pensam, a idiotas controlados por forças invisíveis. Este livro faz o contrário: mostra, dia a dia, como os traficantes de crack, líderes comunitários, prostitutas, pais, trambiqueiros, policiais e o próprio Venkatesh tentaram construir uma vida boa a partir de tão precária matéria.

chefe-de-quadrilha
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Ordem Mundial – Henry Kissinger

Nunca houve uma verdadeira “ordem mundial”, observa Henry Kissinger, autor de Sobre a China. Por grande parte da história, as civilizações definiam seus próprios conceitos de ordem. Cada uma delas se via como o centro do mundo e considerava seus princípios como universalmente relevantes.

ordem-mundial
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

E vocês, quais foram os livros lidos no último ano?

Comentários

Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Jornalista Multimídia em Estante Virtual
Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.
Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares