Livros para aprimorar seus conhecimentos sobre o mundo

(0 Estrelas - 0 Votos)
Um panorama dos principais temas que influenciaram a humanidade

Dos mistérios do universo à economia, influência midiática e evolução da espécie humana. Selecionamos obras fundamentais para curiosos crônicos e quem sente que ainda tem muito o que aprender sobre o mundo. Os títulos vão entre romance e obras de não ficção, que provavelmente vão tirar seu sono por alguns dias. Confira abaixo a lista e comente!


Sapiens. Uma Breve História da Humanidade – Yuval Noah Harare (2015)

sapiens-uma-breve-historia-da-humanidade
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

O que possibilitou ao Homo sapiens subjugar as demais espécies? O que nos torna capazes das mais belas obras de arte, dos avanços científicos e das mais horripilantes guerras? Yuval Noah Harari aborda estas e muitas outras questões da nossa evolução. Ele repassa a história da humanidade, relacionando com questões do presente. E consegue isso de maneira surpreendente. Doutor em história pela Universidade de Oxford e professor do departamento de História da Universidade Hebraica de Jerusalém, seu livro não entrou por acaso nas listas dos mais vendidos de 40 países para os quais foi traduzido. Sapiens impressiona pela quantidade de informação, oferecida em linguagem acessível, atraente e espirituosa.


Uma Breve História de Quase Tudo – Bill Bryson

uma-breve-historia-de-quase-tudo-bill-bryson
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

“Um diário de viagem pela ciência”. O escritor e cronista Bill Bryson percebeu, que tinha pouquíssimo conhecimento sobre o planeta em que vivia. Essa indagação o propeliu à tarefa épica de entender – e explicar – tudo o que sabemos sobre o mundo. Bryson parte da origem do universo e segue até os dias de hoje, tratando de assuntos relacionados à física, geologia, paleontologia e todas as outras disciplinas que considerava “maçantes” na escola. Antítese do texto didático tradicional, sua prosa foge dos jargões técnicos sem nunca abrir mão da profundidade. A preocupação do autor está em entender como os cientistas realizam suas descobertas. Para compilar esta Breve história de quase tudo, Bryson consultou dezenas de obras e pesquisadores e montou o que pode ser considerado um delicioso guia de viagens pela ciência. 


Uma Breve História do Tempo – Stephen Hawking (1988)

uma-breve-historia-do-tempo
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Uma das mentes mais geniais do mundo moderno, Stephen Hawking guia o leitor na busca por respostas a algumas das maiores dúvidas da humanidade: Qual a origem do universo? Ele é infinito? E o tempo? Sempre existiu, ou houve um começo e haverá um fim? Existem outras dimensões além das três espaciais? E o que vai acontecer quando tudo terminar? Com ilustrações criativas e texto lúcido e bem-humorado, Hawking desvenda desde os mistérios da física de partículas até a dinâmica que movimenta centenas de milhões de galáxias por todo o universo. Para o iniciado, Uma breve história do tempo é uma bela representação de conceitos complexos; para o leigo, é um vislumbre dos segredos mais profundos da criação. Lançado originalmente em 1988, Uma breve história do tempo vendeu mais de 10 milhões de exemplares em todo o mundo e ficou 237 semanas na lista de mais vendidos do Sunday Times. Em 22 de janeiro chega aos cinemas o filme A Teoria de Tudo, baseado na vida do físico e autor.


23 Coisas Que Não nos Contaram Sobre o Capitalismo – Ha Joon Chang (2013)

23-coisas-que-nao-nos-contaram-sobre-o-capitalismo-ha-joon-chang
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Chang destrói os maiores mitos a respeito do mundo em que vivemos. Este livro vira de pernas para o ar, os conceitos convencionais sobre Economia. Ele revela a verdade por trás dos mitos e mostra como o sistema realmente funciona. Repleto de fatos, o autor prova que o atual “livre” mercado não é apenas nocivo para as pessoas; ele também é uma maneira ineficiente de administrar as economias. Chang explica por que a economia mundial está desmoronando num ritmo vertiginoso, apresenta alternativas muito melhores, que contrariam a ideologia tradicional sobre o livre mercado, e propõe uma reviravolta no cenário econômico atual.


Crime e Castigo – Fiodor Dostoiévski (1866)

Crime e Castigo, Fiódor Dostoiévski
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Uma das obras-primas supremas da literatura mundial, Crime e Castigo elevou Dostoyevsky para o primeiro plano de escritores russos e para as fileiras dos maiores romancistas do mundo. Baseando-se em experiências de seus próprios dias na prisão, o autor narra em tons febris, a história de Raskolnikov, um estudante pobre atormentado por sua própria luta entre o bem e o mal. Acreditando que ele está acima da lei, e convencido de que fins humanitários justificam os meios, ele assassina brutalmente uma mulher idosa – uma agiota a quem ele enxerga como “doente, gananciosa … boa para nada” oprimido depois por sentimentos de culpa e terror , Raskolnikov confessa o crime e vai para a prisão. Lá, ele percebe que a felicidade e redenção só podem ser alcançadas através do sofrimento. Infundido com elementos religiosos, sociais e filosóficas fortes, o romance foi um sucesso imediato.


A Manipulação do Público – Edward S. Herman / Noam Chomsky (2002)

edward-s-herman-noam-chomsky a-manipulacao-do-publico
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Neste trabalho pioneiro, Edward S. Herman e Noam Chomsky mostram que, ao contrário da imagem usual da mídia como obstinada e onipresente em sua busca pela verdade e pela defesa da justiça, na prática, ela defende as agendas econômicas, sociais e políticas dos grupos privilegiados que dominam a sociedade nacional, o estado, e a ordem global. Baseado em uma série de estudos de caso, incluindo o tratamento dos meios de comunicação para vítimas que valem a pena e outras sem valor, legitimando eleições sem sentido do Terceiro Mundo e a cobertura das guerras dos EUA. O que emerge deste trabalho é uma avaliação poderosa de como a propaganda dos meios de comunicação dos Estados Unidos são e como nós podemos compreender a sua função de uma forma radicalmente nova.


Os Meios de Comunicação Como Extensões do Homem – Marshall McLuhan (1971)

Os-meios-de-comunicacao-como-extensoes-do-homem
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Neste livro revolucionário e desmistificador, um dos grandes pensadores de nosso século passa em revista as tecnologias do passado e do presente e mostra como os meios de comunicação de massa afetam profundamente a vida física e mental do homem, levando-o do mundo linear e mecânico da Primeira Revolução Industrial para o novo mundo audiotáctil e tribalizado da Era Eletrônica. Na década de 1960, as teorias de McLuhan despertaram furor e admiração. É intrigante e ao mesmo tempo especular que 40 anos mais tarde discutimos assuntos, que ele dedicou capítulos inteiros, como a televisão, o telefone, armas, habitação e dinheiro. Hoje, pouco se contesta que os meios de comunicação realmente descentralizaram a vida moderna e transformaram o mundo em uma “aldeia global” – termo criado pelo autor.


O Que Deu Errado no Oriente Médio – Bernard Lewis (2002)

o-que-deu-de-errado-no-oriente-medio-lewis
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Os atentados ao World Trade Center e ao Pentágono tornaram mais urgentes o estudo e a compreensão da história e da cultura islâmicas, que por séculos estiveram na vanguarda do progresso humano – predomínio militar e econômico, soberania nas artes e nas ciências da civilização -, até serem suplantadas pelo Ocidente. Bernard Lewis, eminente especialista no assunto, apresenta nesse livro a seqüência e o padrão de acontecimentos, idéias e atitudes que precederam o 11 de setembro e em certa medida o produziram.

Qual livro você acrescentaria à lista?!

Comentários

Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Jornalista Multimídia em Estante Virtual
Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.
Natália Figueiredo

Natália Figueiredo

Natalia Figueiredo fez da escrita sua profissão. Começou a carreira no jornalismo impresso do Rio, mantém o blog de viagens Nat no Mundo (http://natnomundo.com/) e, hoje, escreve sobre literatura para o Estante Blog.

7 comentários em “Livros para aprimorar seus conhecimentos sobre o mundo

  • 25.01.2017 a 1:29 pm
    Permalink

    A farinha e a economia global. Autora: Maria Angélica de Lima. Boa obra para compreender o mundo atual.

  • 20.12.2016 a 3:15 pm
    Permalink

    Eu acrescentaria O nascimento do mundo moderno (Christopher Bayly) e Comunidades imaginadas (Benedict Anderson). Amei essa lista!

  • 18.12.2016 a 8:07 pm
    Permalink

    Eu acrescentaria à lista, o clássico “A Revolução dos bichos”, de George Orwell.

  • 09.11.2016 a 7:12 am
    Permalink

    Colocaria entre essas obras: Por uma outra globalização do Milton Santos, A globalização da natureza e a natureza da globalização do Carlos Walter Porto Gonçalves, A estetização do mundo do Lipovetsky e A condição pós-moderna do David Harvey.

  • 29.10.2016 a 10:48 pm
    Permalink

    Eu acrescentaria o livro “O Grande Conflito” (1888), de uma das autoras mais traduzidas do mundo e uma das mais influentes personalidades dos EUA, Ellen White.

  • 07.10.2016 a 12:59 am
    Permalink

    Acrescentaria A Metamorfose de Franz Kafka e O Processo, do mesmo autor.

  • 01.10.2016 a 9:17 am
    Permalink

    Faltou: 10 livros que estragaram a Humanidade e 5 que não ajudaram em nada. Ótimo uma crítica a alguns clássicos da literatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares