Cinco amizades inesquecíveis na Literatura

20 de Julho. Dia do Amigo

O Dia do Amigo é um verdadeiro acontecimento da era do Facebook. Mas também é um momento para lembrar dessas pessoas que gostam e nos aceitam do jeito que somos e estão sempre do nosso lado, para o que der e vier. Até os clássicos da literatura estão repletos de histórias de melhores amigos que estão sempre por perto quando a situação aperta para o protagonista. Conheça nossa seleção de melhores amigos na literatura!

Sancho Pança e Dom Quixote, em Dom Quixote, de Miguel de Cervantes

Antes de Batman e Robin, havia Sancho Pança e Dom Quixote. Uma amizade que, através dos anos, se transformou no clichê do “herói e ajudante”. Os dois amigos partem em uma jornada épica que é, basicamente, uma viagem. Sua amizade simples e divertida serve de lembrete sobre o jeito certo de apoiar seus amigos tanto física quanto emocionalmente.

dom quixote 1
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Elizabeth Bennett e Charlotte Lucas, em Orgulho e preconceito, de Jane Austen

Todo mundo pensa que Elizabeth e o Sr. Darcy têm o relacionamento mais notável deste livro. Mas nós, do Estante Blog, vamos discordar. Elizabeth e sua amiga Charlotte vivem uma linda amizade incondicional. Apesar da diferença de idade e das opiniões sobre o amor, a relação delas permanece inabalável. Amizade acima de qualquer suspeita, sem orgulho, nem preconceito.

orgulho-e-preconceito-mobile
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Frodo e Sam, da série O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien

Sam é o melhor amigo que uma pessoa poderia querer. Quando Frodo vai enfraquecendo por causa do poder do Anel, Sam assume todo o trabalho braçal da jornada. Carrega as malas, cozinha, faz a vigília noturna, protege e cuida de Frodo. Quando Frodo faz uma grosseria com ele (culpa do anel, claro), Sam aguenta e não reclama. Sam também salva Frodo dos Orcs. Basicamente, Sam faz de tudo por Frodo. Sem dúvida, o amigo mais certo nas horas incertas.

o senhor dos aneis
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Harry, Ron e Hermione, da série Harry Potter, de J.K. Rowling

O trio se conheceu em A pedra filosofal, o primeiro livro da série. E, mesmo passando por alguns problemas, como o ciúme inicial de Ron com o Harry, por conta de sua fama como “O Menino que Sobreviveu”, os três continuaram unidos até a idade adulta. Crianças que mantêm a amizade depois de adultos? Isso é raro.

harry potter
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Hamlet e Horácio, em Hamlet, de Shakespeare

Provavelmente uma das mais famosas histórias de amizade de todos os tempos. Horácio é o único personagem que é totalmente leal a Hamlet durante toda o livro. Ele também aguenta toda a crise emocional do amigo, quando muita gente teria simplesmente ido passear e deixado Hamlet falando sozinho. Por sua fidelidade, Horácio acaba sendo a única pessoa que vive para contar a trágica história de Hamlet. Também é ele quem diz a clássica frase: “Boa noite, doce príncipe”.

hamlet
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Qual sua amizade literária favorita? Deixe seu comentário e participe da conversa.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares