10 trilogias que têm tudo para conquistar os leitores

Uma lista de sagas para todos os gostos

Muitas vezes um livro não é suficiente para suprir as necessidades do leitor, que, em geral, quer um pouco mais. Contudo, em alguns casos, eles são afortunados e ganham um presentão: a divulgação que seu livro amado virará uma série. Nada melhor, né?
Pensando nisso, criamos uma lista com elogiados primeiros volumes que acabaram por receber continuações. Conheça!

 

Trilogia O Século, de Ken Follett

Ken Follett narra dessa vez a saga de cinco famílias: uma americana, uma alemã, uma russa, uma inglesa e uma escocesa. Queda de gigantes, o primeiro volume, começa no despertar do século XX, quando ventos de mudança ameaçam o frágil equilíbrio de forças existente – as potências da Europa estão prestes a entrar em guerra, os trabalhadores não aguentam mais ser explorados pela aristocracia e as mulheres clamam por seus direitos. Já no segundo, Inverno do mundo, as cinco famílias, que tiveram seus destinos entrelaçados no alvorecer do século XX, embarcam no turbilhão social, político e econômico que começa com a ascensão do Terceiro Reich. A nova geração terá de enfrentar o drama da Guerra Civil Espanhola e da Segunda Guerra Mundial, culminando com a explosão das bombas atômicas. Para finalizar, Eternidade por um fio traz a enorme turbulência social, política e econômica entre as décadas de 1960 e 1980, com a luta pelos direitos civis, assassinatos, movimentos políticos de massa, a guerra do Vietnã, o Muro de Berlim, a Crise dos Mísseis de Cuba, impeachment presidencial e revolução.

Trilogia O Século
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Trilogia Comando Sul, de Jeff Vandermeer

O primeiro livro, Aniquilação, apresenta a Área X, isolada do restante do mundo há décadas. Uma primeira expedição de reconhecimento voltou de lá relatando uma terra intocada, um paraíso edênico; a segunda terminou em suicídio em massa; a terceira, em um tiroteio dentro do próprio grupo. Até que os membros da décima primeira expedição retornaram como meras sombras do que eram antes e, após algumas semanas, morreram de câncer. Em Autoridade, o leitor se junta à décima segunda expedição. No volume 2, Autoridade, os personagens tentarão obter respostas para as dúvidas que cercam o Comando Sul e a Área X. No volume final, Aceitação, conecta os dois livros anteriores, AniquilaçãoAutoridade, em capítulos breves e acelerados, narrados da perspectiva de personagens cruciais. Página após página, os mistérios são aos poucos solucionados, mas as consequências e as implicações dos acontecimentos passados jamais serão menos profundas ou aterrorizantes.

Screen Shot 2016-05-12 at 4.34.22 PM
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Trilogia do Mago Negro, de Trudi Canavan

Na cidade de Imardin, onde aqueles que têm magia têm poder, uma jovem garota de rua, adotada pelo Clã dos Magos, se encontra no centro de uma terrível trama que pode destruir o mundo todo. Sonea aprendeu muito no Clã, e os outros aprendizes agora a tratam com um respeito relutante. No entanto, ela não pode esquecer o que viu na sala subterrânea do Lorde Supremo — ou seu aviso de que o antigo inimigo do reino está crescendo em poder novamente. Conforme Sonea evolui no aprendizado, começa a duvidar da palavra do mestre. Poderia a verdade ser tão aterrorizante quanto o tutor afirma? Ou ele está tentando enganá-la? A ordem desta saga é: O clã dos magos,  A aprendiz e O lorde supremo.

Trilogia do Mago Negro
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Trilogia das Flores, de Nora Roberts

Dália azul começa com a morte repentina do marido da protagonista Stella Rothchild e de sua mudança de cidade com os dois filhos. Ela vai morar na misteriosa Harper House onde trabalhará como responsável pelo famoso e enorme viveiro de plantas. No local mora a severa Roz Harper e também a assombração da Noiva Harper, que anda pelos corredores cantando canções de ninar. Na continuação, Rosa negra, a história se concentra em Roz, uma mulher capaz de passar pelas maiores provações sem esmorecer. Com três filhos, ela sobreviveu a dois casamentos e construiu um viveiro, de onde tira seu sustento. Ao longo dos anos, o viveiro deixou de ser apenas um ganha-pão e se tornou muito mais que isso: um símbolo da esperança e da independência dela, que divide o negócio com mais duas mulheres, Hayley e Stella, suas companheiras para todas as horas. As três são o futuro do viveiro. Em Lírio vermelho, capítulo final, a trama está centrada em Hayley e sua filha, Lily. A vida das duas segue tranquila, até o dia em que a mãe se percebe atraída pelo filho de Roz.

Trilogia das Flores
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Trilogia Irmãos Wolfe, de Markus Zusak

O azarão apresenta a história de Cameron Wolfe, um garoto de 15 anos perdido na vida e que vive às turras com a família de quatro irmãos. Trabalha com o pai encanador e sua mãe está sempre brigando com os filhos. Todos moram juntos numa casa pequena. Rube é o terceiro filho e o mais próximo de Cameron, o caçula. Os dois, além de boxeadores amadores, vivem armando esquemas para roubar lojas e outros locais do tipo. Contudo, os planos nunca saem do papel. Se no primeiro título o autor traz um romance de formação de um jovem incorrigível, infeliz consigo mesmo e com sua condição marginalizada, em Bom de briga ele exibe dois irmãos em busca de um propósito na vida, e retrata a evolução dos irmãos Cameron e Ruben Wolfe como seres humanos. No volume 3, A garota que eu quero, a amizade entre os dois irmãos é colocada quando Cam se apaixona por Octavia.

irmaos wolfe
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Trilogia Essencial, de Patrick Modiano

O primeiro título, Remissão da pena, é a autobiografia romanceada do autor. Patrick e seu irmão são confiados a amigas de seus pais em Paris após a Segunda Guerra Mundial. Nesse mundo intangível, os dois irmãos seguem de mãos dadas pela infância e em meio a visitas a castelos, excursões a Paris, leitura de histórias de aventura, tardes ouvindo rádio — sempre à espera de que, um dia, alguém volte para buscá-los. Flores da Ruína, passado em 1933, traz dois jovens cônjuges que se suicidam em seu apartamento em Paris. Trinta anos depois, o narrador tenta reconstruir a história deles, que parece se cruzar com a sua própria. Já em Primavera de cão, passado numa manhã de 1964, o narrador encontra o fotógrafo Francis Jansen. Ele trabalha em Paris para uma revista norte-americana e foi amigo de Robert Capa. Os três volumes são histórias independentes, mas formam a “trilogia essencial” de Patrick Modiano.

Trilogia Essencial
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Trilogia 1Q84, de Haruki Murakami

Tóquio, 1984. Aomame, uma mulher que esconde sua profissão de assassina, é enviada para matar um homem numa missão que mudará drasticamente sua vida. Em paralelo, Tengo, professor de matemática e aspirante a escritor, se envolve em um misterioso projeto de reescrever o romance Crisálida de ar, composto por uma menina de 17 anos. De forma alternada, as duas narrativas convergem, e aos poucos o leitor descobre o verdadeiro elo entre elas. A Trilogia 1Q84 é considerado o maior trabalho de Haruki Murakami.

Trilogia 1Q84
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Trilogia O povo das árvores, de Gillian Summers

A filha do pastor das árvores começa com a morte da mãe, Keelie Heartwood, uma jovem de apenas quinze anos, é forçada a deixar sua adorada Califórnia para viver com o pai nômade no Festival da Renascença de Montanha Alta, no Colorado. Lá, Keelie percebe que algumas pessoas do festival têm orelhas pontudas, incluindo o cavaleiro mais bonito do lugar, Lorde Sean do Bosque. Quando ela começa a ver seres estranhos e a se comunicar com árvores, descobre que existe um segredo a seu respeito e percebe que seu pai lhe deve explicações. Um livro encantador e repleto de seres fantásticos, escrito para jovens e adultos. Em No coração da floresta, a vida da protagonista deixa de ser encantadora e passa a ser um pesadelo. E, como se não bastasse, a floresta próxima ao festival está com problemas e um estranho unicórnio parece persegui-la. Tudo isso somado a uma doença que assola a sua raça: a dos elfos. O segredo da Floresta do Pânico coloca Keelie frente a frente com seu amior desafio: salvar a vida de todos os seres mágicos da floresta de seus amigos e familiares.

povo das arvores
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Trilogia da Escuridão, de Guillermo Del Toro e Chuck Hogan

Esta trilogia apresenta a história de vampiro diferente da maioria das que já conhecemos. Nós nos acostumamos com os vampiros delicados e sensuais, mas os strigoi – como os mortos-vivos são chamados na obra de Guillermo Del Toro e Chuck Hogan – são criaturas monstruosas e ameaçadoras, de aspecto claramente inumano. Predadores supereficientes, muitas vezes sem qualquer recordação de suas vidas pregressas. Os vampiros da trilogia se identificam muito mais com uma doença e uma praga do que com um lado sombrio da própria humanidade. A saga é formada por Noturno, A queda e Noite eterna.

Trilogia da Escuridão
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

Trilogia Legend, de Marie Lu

Considerada pelo público e pela crítica internacional uma das melhores sagas de distopia já publicadas, a Trilogia Legend conquistou leitores de diversas partes do mundo. Ambientada na República, nação instalada numa região outrora conhecida como costa oeste dos Estados Unidos e que vive em guerra contra as Colônias, a série acompanha o romance improvável entre dois jovens de origens distintas numa realidade opressora. Os volumes em ordem de publicação: Legend, ProdigyChampion.

Trilogia Legend
Clique na imagem e confira na Estante Virtual

 

Qual sua trilogia preferida? Compartilhe e participe da conversa.

Comentários

4 comentários em “10 trilogias que têm tudo para conquistar os leitores

  • 15.05.2016 a 12:36 am
    Permalink

    De fato a trilogia As Peças Infernais da Cassandra Clare é incrível. Estou lendo o último livro e já estou com saudade. Lua das fadas da Eddie Van Feu também é maravilhosa. *—*

  • 26.08.2016 a 6:44 pm
    Permalink

    A Trilogia O Mago Negro é simplesmente Fantastica, épica e te leva ao mundo da magia de forma deliciosa numa leitura fácil. Outra que não esta na lista é a trilogia Mago (Raimond E. Feist), bem diferente da outra, mas também sensacional numa historia entre mundos, guerras e magia.

  • 25.02.2017 a 3:41 pm
    Permalink

    Acabei de ler a trilogia de A Passagem (Os Doze e A cidade dos Espelhos) de Justin Cronin e adorei a narrativa, muito envolvente, sobre a derrocada da humanidade, (quase) exterminada por um virus fatal. A riqueza de detalhes, a construção dos personagens e do cenário e o ritmo da narrativa são muito envolventes. Não consegui parar de ler. Estou em busca de outra ficção científica neste estilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares