Os casais marcantes da literatura

(0 Estrelas - 0 Votos)

Personagens de livros que nos conquistaram pelo coração.

Eles habitavam nosso imaginário desde muito cedo, antes mesmo de entendermos sobre o amor ou sermos capazes de reconhecer um relacionamento amoroso. Eles já estavam lá, em histórias infantis, como em A bela e a fera e em A dama e o vagabundo, sempre nos emocionando, ainda que muitas vezes não entendêssemos o real motivo daquelas sensações. Mas aí fomos crescendo e passamos não só a nos emocionar, mas a nos identificar com eles, em suas aventuras e desventuras amorosas. Preparamos uma lista com 10 casais marcantes da literatura.
Mas atenção: não espere encontrar só romantismo por aqui! Também selecionamos aqueles casais “entre tapas e beijos” que, além de inesquecíveis e eternizados, dão ao leitor a real dimensão do que é o amor. Confira!


Romeu e Julieta, de William Shakespeare

Em meio a guerra entre as famílias dos Montecchios e dos Capuletos, nasce a mais famosa das histórias de amor: a de Romeu e Julieta. A história traz uma das maiores provas da força de um sentimento eterno.

romeu-e-julieta-william-shakespeare
Clique na imagem e confira!

Dom Casmurro, de Machado de Assis

Bentinho sente-se imensamente atraído por Capitu e seus olhos de ressaca. Logo apaixona-se perdidamente. Com uma pegada menos romântica, Machado de Assis fala de amor, de relacionamento e, sobretudo, de ciúme.

dom casmurro
Clique na imagem e confira!

Um dia, de David Nicholls

Dexter Mayhew e Emma Morley se conhecem em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, trilharão caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.

um dia
Clique na imagem e confira!

A mulher do viajante no tempo, de Audrey Niffenegger

Henry DeTamble sofre de uma rara doença que o faz viajar pelo tempo involuntariamente. Em uma dessas aventuras, conhece Clare, por quem se apaixona. Então, ano após ano, ela espera que seu amor volte de suas viagens para permanecer com ela. Conseguirá Henry retornar eternamente?

a mulher do viajante do tempo
Clique na imagem e confira!

O seminarista, de Bernardo Guimarães

O Seminarista narra o drama de Eugênio e Margarida que, de amigos, apaixonam-se. O pai dele, entretanto, indiferente aos sentimentos do filho, obriga-o a ir para um seminário. O plano correria como esperado se Eugênio não acabasse por reencontrar sua paixão de infância.

o seminarista
Clique na imagem e confira!

O diário de Bridget Jones, de Helen Fielding

Aos trinta anos, Bridget Jones decide escrever um diário e partir em busca do homem ideal. Em Mark Darcy ela descobre que o amor pode estar onde menos se espera.

o-diario-de-bridget-jones-capa
Clique na imagem e confira!

A culpa é das estrelas, de John Green

Hazel Grace tem 16 anos e o câncer da sua tireóide evoluiu para uma metástase no pulmão. Augustus Waters é um ex-jogador de basquete que perdeu uma perna para o osteosarcoma. Os dois se conhecem durante as reuniões de um grupo de apoio a jovens com câncer e é inevitável se apaixonarem.

culpa
Clique na imagem e confira!

Orgulho e preconceito, de Jane Austen

Inicialmente, Elizabeth e Darcy protagonizam uma relação desencontrada e marcada por muita rivalidade e desaforos. Contudo, no fim, descobrem a origem de todos aqueles sentimentos, o amor, e tornam-se um casal inesquecível da literatura.

orgulho-e-preconceito-mobile
Clique na imagem e confira!

As brumas de Avalon, de Marion Zimmer Bradley

Guinevere é mulher do Rei Arthur. Lancelot, o chefe da cavalaria real. O amor proibido dos dois surge quando Lancelot visita o reino do pai de Guinevere para cogitar se sua filha seria digna de se sentar ao lado do Rei Arthur. Daí nasce o polêmico amor que decreta a ruína de Camelot.

brumas
Clique na imagem e confira!

E o vento levou, de Margaret Mitchell

Tendo como cenário a guerra civil norte-americana, Margaret Mitchell narra os encontros e desencontros entre Scarlett O’ Hara e o irresistível Rhett Butler. Os diálogos no livro são divertidos e inesquecíveis.

e o vento levou
Clique na imagem e confira!

Você concorda com a lista? Tem mais sugestões? Compartilhe seu casal preferido!

Comentários

2 comentários em “Os casais marcantes da literatura

  • 08.01.2016 a 10:38 am
    Permalink

    ADOREI .GOSTO MUITO DESSE TEMA . JA LI TODOS OS LIVROS. OBRIGADA POR PARTILHAR ELZA

  • 04.06.2012 a 8:34 pm
    Permalink

    Ana Karenina e Vronski são meu casal preferido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares