Cinco frases e cinco livros de Noam Chomsky

(0 Estrelas - 0 Votos)

O linguista e filósofo americano completa 86 anos

Avram Noam Chomsky é considerado o “pai da linguística moderna”. Filósofo, cientista cognitivo, comentarista e ativista político norte-americano, ele é uma das mais renomadas figuras no campo da filosofia analítica. No dia do seu aniversário, o Estante Blog preparou uma lista de cinco frases e cinco obras deste pensador. Confira.

 

A imprensa pode causar mais danos que a bomba atômica. E deixar cicatrizes no cérebro.

 

Uma nova geração define o limite

Veja o livro
Veja o livro

Em casos de graves violações dos direitos humanos por ditadores ou guerras civis, as grandes potências se arrogaram o direito de usar a força sob o pretexto de proteger populações oprimidas. O exemplo mais evidente foi a Guerra do Kosovo, em que a aliança militar ocidental, a Otan, bombardeou durante 78 dias a Sérvia, Montenegro e a província do Kosovo. Chomsky denuncia essas intervenções supostamente humanitárias, acusando-as de ser seletivas e de servirem apenas como desculpa para encobrir os verdadeiros objetivos das grandes potências. Com base em ampla documentação, o autor analisa duas crises internacionais que marcaram o ano de 1999 – a Guerra do Kosovo e o plebiscito sobre a independência do Timor Leste.

 

Não se pode controlar o próprio povo pela força, mas se pode distrai-lo com consumismo.

 

11 de setembro

Veja o livro
Veja o livro

Chomsky nos revela, com espantosa clareza, todo o pano de fundo que pode ser uma das causas da tragédia do fatídico 11 de setembro. Dividido em sete capítulos, o livro é complementado por dois apêndices: o primeiro trazendo o Relatório do Departamento de Estado sobre as Organizações Terroristas Internacionais; o outro, sugestões de leitura sobre o tema e assuntos a ele relacionados. 

 

Dentro de todos e de cada um, está um tesouro, que é preciso estudar.

 

Problemas do conhecimento e da liberdade

Veja o livro
Veja o livro

Síntese do pensamento de Noam Chomsky. Dividido em duas partes, o livro expõe ainda suas veementes críticas à política americana. Prefaciado pela escritora indiana Arundhati Roy, é também uma das primeiras obras publicadas de Chomsky.

 

Se você acredita na liberdade de expressão, você acredita na liberdade para exprimir opiniões de que você não gosta. Quer dizer, Goebbels era a favor da liberdade de expressão para opiniões que ele gostava. Tal como Stalin. Se você é a favor da liberdade de expressão, isso significa que você é a favor da liberdade de exprimir precisamente as opiniões que você despreza. Caso contrário, você não é a favor da liberdade de expressão.

 

Contendo a democracia

Veja o livro
Veja o livro

A proeminência dos Estados Unidos como potência militar, dona da incontrastável supremacia exibida na Guerra do Golfo, foi acompanhada por seu declínio industrial diante do crescimento econômico da Alemanha e do Japão. Esta obra aponta as conseqüências deste desequilíbrio. Para compreender o cenário internacional contemporâneo, Chomsky ressalta a necessidade de rever os objetivos de Washington durante a Guerra Fria. Com uma abrangente exegese sobre os acordos pós-guerra, ele mostra como a estratégia da ‘Grande Área’ dos oficiais do Pentágono, nos anos 50, serviram como bases para lançar os Estados Unidos como potência global.

 

Mantenha boas relações com os oficiais certos e eles derrubarão o governo para você.

 

Novos horizontes no estudo da linguagem e da mente

Veja o livro
Veja o livro

Usando uma série de análises linguísticas imaginativas e ilusoriamente simples, Chomsky argumenta que não existe uma noção coerente de linguagem externa para a mente humana, e que o seu estudo deveria assumir como foco o construto mental que constitui nosso conhecimento desta linguagem. Portanto, a linguagem humana é um objeto psicológico e, em última análise, um objeto biológico, que deve ser analisada pelo uso da metodologia das ciências naturais. Seus exemplos e análise se combinam neste livro para apresentar uma perspectiva única e convincente sobre a linguagem e a mente.

Veja na Estante Virtual a obra completa de Noam Chomsky.

 

Qual seu livro favorito de Noam Chomsky? Deixe seu comentário e participe da conversa.

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

3 comentários em “Cinco frases e cinco livros de Noam Chomsky

  • 31.10.2017 a 11:39 am
    Permalink

    Adorei as frases. quero mais!!!!

  • 21.12.2015 a 10:21 pm
    Permalink

    Faltou uma frase sobre linguística. A minha favorita é sobre a diferença entre língua e dialeto.

    “Uma língua é um dialeto que tem um exército.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares