Cinco livros sobre o amor homoafetivo

(0 Estrelas - 0 Votos)

Cinco exemplos de livros sobre o amor sem preconceitos

Como diria Lulu Santos, consideramos justa toda a forma de amor. Felizmente, vivemos um momento em que a sociedade está repensando seus conceitos. Infelizmente, preconceitos morrem devagar. Pensando nisso, elaboramos esta lista de obras que tratam as relações homoafetivas entre jovens sem máscaras e afetações. Os personagens sofrem e tem inseguranças, medos e sonhos. São, enfim, como qualquer jovem apaixonado.

Garoto encontra garoto, de David Levithan

Veja o livro
Veja o livro

Paul estuda em uma escola nada convencional. Líderes de torcida andam de moto, a rainha do baile é uma quarterback drag-queen e a aliança entre gays e héteros ajudou os garotos héteros a aprenderem a dançar. Paul conhece Noah, o cara dos seus sonhos, mas estraga tudo de forma espetacular. Agora precisa vencer alguns desafios antes de reconquistá-lo: ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais religiosos que desaprovam sua orientação sexual, além de lidar com o fato de a sua melhor amiga estar namorando o maior babaca da escola e, enfim, acreditar no amor o bastante para recuperar Noah.

 

Will & Will: um nome, um destino, de John Green e David Levithan

Veja o livro
Veja o livro

Escrito a quatro mãos, David Levithan e John Green, de A culpa é das estrelas, se revezam na autoria dos capítulos para contar essa história de coincidências e encontros inesperados. Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra… Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em uma aventura de épicas proporções.

 

Azul é a cor mais quente, de Julie Maroh

Veja o livro
Veja o livro

Esta belíssima HQ conta a história de Clementine, uma jovem de 15 anos que descobre o amor ao conhecer Emma, uma garota de cabelos azuis. Através de textos do diário de Clementine, o leitor acompanha o primeiro encontro das duas e caminha entre as descobertas, tristezas e maravilhas que essa relação pode trazer.

 

Minha metade silenciosa, de Andrew Smith

Veja o livro
Veja o livro

Stark McClellan tem 14 anos. Muito alto e magro, tem o apelido de Palito, mas sofre bullying porque é “deformado”, já que nasceu apenas com uma orelha. Seu irmão, Bosten, defende Palito em qualquer situação, porém ambos não conseguem se proteger de seus pais abusivos, que os castigam quase todos os dias. Ao enfrentar as dificuldades da adolescência, a amizade e o apoio do irmão são suas referências de amor. Um dia, porém, o pai descobre um segredo de Bosten, que foge de casa. E Palito, em uma jornada de amadurecimento, o buscará para ajudá-lo.

 

Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo, de Benjamin Alire-Sáenz

Veja o livro
Veja o livro

Dante sabe nadar. Ari não. Dante é articulado e confiante. Ari tem dificuldade com as palavras e duvida de si mesmo. Dante é apaixonado por poesia e arte. Ari se perde em pensamentos sobre seu irmão mais velho que está na prisão. Um garoto como Dante, com um jeito tão único de ver o mundo, deveria ser a última pessoa capaz de romper as barreiras que Ari construiu em volta de si. Mas quando os dois se conhecem, logo surge uma forte ligação. Eles compartilham livros, pensamentos, sonhos, risadas – e começam a redefinir seus próprios mundos. Assim, descobrem que o amor e a amizade talvez sejam a chave para desvendar os segredos do universo.

 

Qual sua história de amor favorita na literatura? Deixe seu comentário e participe da conversa. 

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

3 comentários em “Cinco livros sobre o amor homoafetivo

  • 02.04.2017 a 4:30 pm
    Permalink

    Adorei o site, parabens!!

  • 27.11.2015 a 12:12 pm
    Permalink

    Faltou o meu romance gay e nacional preferido! O Terceiro Travesseiro, de Nelson Luiz de Carvalho. Leiam!

  • 24.11.2015 a 6:06 pm
    Permalink

    Vou comprar TODOS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares