Quatro livros para lembrar de Amy Winehouse

(4 Estrelas - 1 Votos)

Biografias sobre a polêmica da cantora

Há quatro anos o mundo perdia uma das grandes revelações da música mundial. Amy Winehouse faleceu no dia 23 de julho de 2011, vítima do abuso do álcool e das drogas, aos 27 anos. Seu estilo eclético retrô influenciou o trabalho de todo uma geração de novos músicos como Adele, Duffy, Bruno Mars, Lady Gaga e Sam Smith. Seu disco Back to Black se tornou o álbum mais vendido do século XXI no Reino Unido. A trajetória de Amy é cercada de polêmicas e mistérios que ainda hoje causam fascínio. Confira abaixo nossa seleção de obras que mergulham fundo na história desta artista incomparável.

Amy Winehouse: Biografia
Veja o livro

 

Amy Winehouse: Biografia, de Chas Newkey-Burden

A cantora e compositora inglesa é uma das poucas unanimidades de público e crítica na história da música. Apesar da voz impressionante e da musicalidade de altíssimo nível, a qualidade artística da cantora inglesa vinha sendo ofuscada por problemas pessoais. Escândalos, drogas, depressão e bulimia começaram a prejudicar seu desempenho nos palcos e despertaram o interesse da mídia. O livro traça a história de Amy a partir das influências musicais de sua família até o lançamento de seu segundo disco, quando a fama caótica tem início.
Veja os livros na Estante Virtual

 

Veja o Livro
Veja o Livro

A história de Amy Winehouse, de Nick Johnstone

Nick Johnstone desvenda a vida e a carreira de uma das estrelas britânicas mais brilhantes e problemáticas. O autor percorre a jornada errática da cantora, detalhando sua subida meteórica ao estrelato e os dois álbuns que a elevaram ao topo. Esta edição conta a história de Amy até 2008, com seu sucesso nos Grammy Awards, em que ela ganhou cinco prêmios, além da desintegração de seu casamento e das mais manchetes em que agarra foliões nos bares de Camden Town, distrito de Londres onde ela morava.
Veja os livros na Estante Virtual

Amy, minha filha
Veja o livro

Amy: A história da cantora contada por seu pai, de Mitch Winehouse

Neste livro, esgotado nas principais livrarias do Brasil, Mitch, o pai de Amy, conta de maneira sincera e comovente como ela se tornou uma grande estrela que sucumbiu ao vício das drogas e morreu prematuramente aos 27 anos. Um livro com fotos inéditas do acervo da família. Os fãs vão encontrar as respostas mais honestas e impactantes para a pergunta que todos se fizeram ao receber a triste notícia da morte da cantora: o que afinal aconteceu com Amy?
Veja os exemplares na Estante Virtual

Clube dos 27 - Amy
Veja o livro

Amy Winehouse, de Eudeline / Goffette / Fernandeze

A série Clube dos 27, dividida em vários volumes, retrata, por meio de quadrinhos, a vida de diversos ídolos da música que morreram nessa fatídica idade. O primeiro volume da série, dedicado a Amy Winehouse, narra com grande liberdade artística toda sua trajetória, desde os primeiros anos de vida, passando pela adolescência cheia de conflitos com os pais, até o despontar para o estrelato e seus últimos anos, repletos de altos e baixos.
Veja os exemplares na Estante Virtual

Confira a lista completa dos livros da Amy Winehouse

Qual das músicas da Amy ficará marcada para a posteridade como o maior sucesso da cantora? Deixe sua opinião e participe da conversa. 

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

Um comentário em “Quatro livros para lembrar de Amy Winehouse

  • 02.08.2015 a 10:53 am
    Permalink

    A música mais marcante da Amy pra mim é Back to Black……as interpretações ao vivo dela pra essa música são fantásticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares