Decisão do STF anima mercado de biografias

A decisão histórica do Supremo Tribunal Federal em favor da liberdade de expressão e do fim da exigência de autorização prévia para publicação de biografias foi comemorada pelo mercado editorial.
A repercussão foi imediata. Paulo Cesar de Araújo, autor da biografia Roberto Carlos em detalhes, disse ao jornal O Globo, que fará uma nova versão atualizada do seu livro lançado em 2007.
Outros títulos, antes parados, podem finalmente conquistar seu lugar nas livrarias do país. Mário de Andrade, Raul Seixas, Manuel Bandeira e Lampião estão entre as figuras brasileiras que poderão ganhar biografias daqui em diante. Humberto Werneck, contratado pela editora Cosac Naify para biografar Manuel Bandeira era um dos que esperavam a definição do STF. A Companhia das Letras avalia a biografia de Mário de Andrade assinada por Jason Tércio, feita sem anuência do sobrinho do escritor. A Record anunciou uma biografia sobre o ex-deputado Roberto Jefferson, e a Geração Editorial colocará nas livrarias, no segundo semestre, Geraldo Vandré – o homem que disse não, de Jorge Fernando Bastos.
Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares