Duelo Especial de Dia das Mães

(0 Estrelas - 0 Votos)
Dia das Mães é uma data especial em que celebramos o  maior sentimento do mundo: o amor das mães. Para fugir das costumeiras flores e bombons, resolvemos comemorar a data colocando duas mães no ringue da Estante. E essa promete ser uma briga e tanto.

tabela-blog

Round 1 – Carreira

Para começo de conversa, Sra.Weasley não é novata nas arenas de combate. Quando era membro da Ordem da Fênix, a bruxa lutou bravamente contra o bicho-papão em pessoa. A mãe de Rony também revelou seu lado pitbull quando tentaram matar sua filha. Decididamente, Molly é uma Mãe com M maiúsculo.

Num universo onde tudo se resolve no fio da espada, Lady Stark mostrou o poder da sua língua afiada e se tornou uma influente nobre em Westeros. Apesar do seu talento político, Catelyn é dessas que se deixa levar pela voz do coração e, às vezes, reage de forma passional. Em uma palavra, Catelyn é uma mulher de fé. Em três, é uma mulher da Fé dos Sete.

 

Round 2 – Família

Lady Stark teve cinco filhos: Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon. Além do não tão amado Jon Snow, filho bastardo de Ned Stark. Sra. Mosley teve sete(!). Vamos à escalação: Gui, Carlinhos, Percy, os gêmeos Fred e Jorge, Rony e Gina. Além do ilustre agregado Harry Potter, que teve mais sorte que Snow e foi recebido de braços abertos.

 

Round 3 – Destino

Sem entrar no terreno minado dos spoilers, podemos dizer que tanto Sra. Mosley quanto Lady Stark são capazes de ir às últimas consequências para defender sua prole. Ambas conhecem a dor do luto na família. Ambas são capazes de manipular as forças ocultas para garantir que a justiça seja feita e o balanço entre o bem e o mal seja restaurado. A lição que tiramos de ambas trajetórias é que o amor materno é capaz de vencer a morte e alimentar a vingança.

 

Resultado

Fosse uma briga de poderes, provavelmente o resultado seria favorável à Molly. Se o quesito fosse determinação e resistência frente às adversidades da vida, provavelmente ficaríamos com Catelyn.

Mas como é uma briga entre mães, somos obrigados a dar a vitória à mãe de maior coração. Aquela que está disposta a amar mesmo os filhos que não gerou. Afinal, mãe é quem cria. E a história de Harry Potter seria bem diferente não fosse o enorme coração de Molly. Dez mil pontos para Grifinória!

 

Você concorda  com nosso resultado? Que outra mãe da literatura merece destaque? Deixe sua opinião e participe da conversa.

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

Um comentário em “Duelo Especial de Dia das Mães

  • 07.07.2015 a 8:00 pm
    Permalink

    Sem dúvida Molly ela ama ps filhos mais que tudo e em toda a saga Harry Potter fui com uma mãe que ele nunca teve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares