5 faces ocultas de Machado de Assis

(0 Estrelas - 0 Votos)

Machado de Assis era um homem de múltiplos talentos

Que ele é imortal, você já sabia. Que ele escreveu Dom Casmurro, provavelmente não é novidade para ninguém. Mas o que pouca gente sabe é que Machado era um homem de múltiplos talentos, autodidata e extremamente influente em sua época. Confira abaixo cinco características de personalidade de Machado de Assis que muita gente desconhece.

  1. O Galante
    • Carolina, sua esposa, apaixonou-se pelo charme e a verve intelectual do Machadão. E olha que ela era uma dedicada estudiosa dos grandes nomes da língua portuguesa. Alguns pesquisadores afirmam que ela o ajudava na revisão gramatical de seus originais. Porém, o jornal O Corsário publicou um artigo desmoralizando Machado de Assis por uma suposta traição. A amante seria uma atriz portuguesa mais velha que ele.
  2. O Nerd
    • Machado não teve educação formal. Desde cedo, trabalhava vendendo balas e doces feitos por sua madrasta. Mas isso não o impediu de devorar livros. Com 17 anos, tornou-se tipógrafo na Imprensa Nacional. Ainda jovem, Machado traduziu o romance Os trabalhadores do mar de Vitor Hugo. Detalhe, ele aprendeu francês com a ajuda de um padeiro amigo da família. Por conta própria, Machado de Assis aprendeu a falar e escrever em alemão e inglês.
    • Nas horas vagas, ele se dedicava a uma outra paixão nerd: o xadrez. As peças que pertenceram ao escritor foram esculpidas à mão e estão expostas na Academia Brasileira de Letras.
  3. O Aglutinado
    • Inspirado pela Academia Francesa, Machado de Assis organizou a fundação da Academia Brasileiras de Letras. Em Janeiro de 1897, foi eleito o presidente da instituição, mas não ocupou a cadeira n° 1. Modesto, ficou com a de número 23. José de Alencar foi escolhido como patrono da Academia, indicado o próprio Machado de Assis.
  4. O Produtivo
    • Machado de Assis escreveu 5 livros de poesia ,7 de contos e 9 romances ao longo dos seus 60 anos. Também foi o autor de mais de 600 crônicas, tornando-se  um dos responsáveis pela popularização do gênero do país. Aos 21 ele já era autor e crítico teatral e escreveu 9 peças de teatro, entre 1860 e 1906.
  5. O Anônimo
    • O escritor usou pelo menos 21 pseudônimos  ao longo de sua carreira . Já no final de sua carreira, publicou crônicas apócrifas em A Semana, mas não enganou ninguém. Seu estilo já era reconhecido pelos leitores.

E você, é machadiano de carteirinha? Confira os livros de Machado de Assis.

Qual a sua obra favorita? Deixe seu comentário!


Quer receber dicas semanais de leitura?

Assine e receba dicas fresquinhas em seu e-mail toda semana.

Comentários

Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Colaborador em Estante Virtual
Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.
Rodrigo Espírito Santo

Rodrigo Espírito Santo

Mestre em Comunicação Social, MBA em Comunicação Corporativa, Pós-graduado em roteiro de audio visual. Mais de 15 anos de experiência em comunicação empresarial, endomarketing, redação publicitária, jornalística e de conteúdo para redes sociais.

Um comentário em “5 faces ocultas de Machado de Assis

  • 09.06.2015 a 11:58 pm
    Permalink

    Oi prazer, tenham uma boa matina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares