Rio de Janeiro em três tempos

No mês de aniversário de 450 anos do Rio de Janeiro, selecionamos três livros para ajudar a contar a história da cidade maravilhosa. Uma seleção para viajar no tempo, lembrar a história do povo carioca, refletir sobre a beleza e a diversidade da sua geografia e pensar caminhos para um futuro com mais justiça social e sustentabilidade. Confira:

Rio antigo

Este livro de registro do fotógrafo franco-brasileiro Marc Ferrez registra paisagens e tipos humanos do Rio de Janeiro entre 1865 e 1918. Uma verdadeira viagem no tempo com prefácio do escritor Pedro Nava. Este livro está esgotado, mas pode ser encontrado na Estante Virtual.

 

Rio atual

“Rio” reúne 111 imagens do fotógrafo Roberto Rosa, um paulista que descobriu o Rio em 1988. O livro é resultado de uma seleção entre mais de dez mil fotos, feitas desde 2010 e tem curadoria do antropólogo e fotógrafo Milton Guran, doutor em Antropologia pela École des Hautes Études em Sciences Sociales, na França.

 

Rio futuro

Além de traçar um diagnóstico preciso, o pesquisador Andre Urani, baseado em dados da sua trajetória de economista, professor e gestor público, faz reflexões sobre o futuro do Rio de Janeiro. A luz das experiências internacionais e algumas em nosso país, André propõe abandonar a nostalgia de um passado impossível para reinventar o futuro da cidade maravilhosa.

Qual é a sua época favorita na história do Rio de Janeiro? Passado, presente ou futuro? Dê a sua opinião e participe da conversa.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares