Ficção científica e a origem do Dia da Toalha

No último sábado, 25 de maio, muita gente comemorou o Dia da Toalha, popularizado como Dia do Orgulho Nerd! E nerd que é nerd adora uma aventura, histórias de outros mundos, seres intergaláticos, linguagens desconhecidas e restritas a um grupo seleto de falantes e muita, muita tecnologia. Nerd que é nerd ama ficção científica!

Ficção científica: a origem

A ficção científica como gênero literário se desenvolveu durante o século XIX quando ocorreram grandes revoluções na física, química, astronomia e biologia e, portanto,  o impacto da ciência sobre a sociedade e os indivíduos virou tema recorrente da literatura. A expressão, derivada do termo scientifiction, foi cunhada por Hugo Gurnsback, fundador da revista Amazing Stories (1926) – publicação que contribuiu para a popularização e consolidação do gênero literário. E acredite: na Estante Virtual você encontra um exemplar de 1950! da revista. Tamanha foi a importância de Gurnsback que, mais tarde, seu nome foi dado ao prêmio que consagra anualmente as melhores publicações, livros, revistas e os autores que são grandes promessas da ficção científica – o Prêmio Hugo!

Mas reza a lenda que muito antes da publicação da primeira Amazing Stories, o livro Frankenstein (1817), da autora britânica Mary Shelley, já havia aberto as portas para o universo científico. O que temos certeza é que nem tudo foi flores nos primórdios do gênero. Muitas de suas histórias foram duramente criticadas como sendo sensacionalistas! A visão sobre o gênero só mudou com o surgimento de um trio de autores conhecido como os “Três Grandes”: Isaac Asimov, autor de Eu, robô e O Homem Bicentenário; Robert A. Heilein, do livro Um Estranho numa Terra Estranha; e Arthur C. Clarke, autor de 2001: Odisseia Espacial. Visionário, Asimov chegou a ser considerado o Pai dos Robôs.

O Guia do Mochileiro das Galáxias e o Dia da Toalha

Análises das consequências da viagem interestelar, previsões sobre sociedades futuras na Terra, explorações imaginativas de outras formas de vida inteligente e das suas sociedades em outros mundos. Esses assuntos te lembram algum livro? Uma dica: é um livro que ganhou um dia em sua homenagem! Estamos falando do famoso O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams, que faz um mix de todos esses temas, entrando de cabeça na ficção científica! E foi justamente por essa série que mistura extraterrestres, fim do mundo e uma viagem pelas galáxias que o Dia do Orgulho Nerd tornou-se conhecido como o Dia da Toalha. Adams acreditava que a toalha era um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar já que ele poderia deitar-se sobre ela nas praias de areia marmórea de Santragino V, umedecê-la e utilizá-la em um embate corpo a corpo, além de 1.001 outras utilidades de uma toalha.

Não deixe de conferir abaixo estas e outras famosas obras de ficção científica da literatura. Se sua história preferida não está aqui, compartilhe com outros leitores deixando um comentário neste post.

Ah … e descubra aqui! seu livro de ficção científica nerd ideal.

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares