Os 101 personagens de ficção mais influentes da história

(0 Estrelas - 0 Votos)
Eles nunca existiram na vida real e algumas de suas histórias se passaram há centenas de anos. Mesmo assim, eles influenciam nosso comportamento. Considerados verdadeiras lendas, alguns personagens da televisão, da mitologia, do cinema e também da literatura deixam grandes marcos em nossa história. Quem não se lembra de personagens como o Saci Pererê, Dom Casmurro ou Sinhozinho Malta? Na segurança de nosso lares, e junto com eles, desfrutamos dos perigos e das aventuras, dos amores e desamores de pessoas que nunca saíram do plano da imaginação. E a influência que exercem sobre nós transcende o universo criativo, afinal, no mundo real, tentamos repetir suas conquistas e não cometer os seus erros. De fato, ninguém há de negar que a ficção e realidade caminham lado a lado.

Diante da importância dessas personalidades em nossas vidas, o trio de escritores norte-americano Dan Karlan, Allan Lazar e Jeremy Salter decidiram criar, no livro As Pessoas mais Importantes do Mundo que Nunca Viveram (The 101 Most Influential People Who Never Lived), um ranking dos 101 personagens de ficção mais influentes da história. No primeiro lugar do ranking está o caubói de Marlboro. Você se lembra? Ele tornou-se mundialmente conhecido em propagandas da marca de cigarro entre as décadas de 50 e 90. Outra figurinha marcante em todo o mundo é Santa Claus, o Papai Noel, que figura na quarta posição do ranking. Personagem inspirado no arcebispo São Nicolau Taumaturgo, ele é responsável por encantar o imaginário infantil em todo o mundo.

E não para por aí. Quando o tema são as personalidades literárias mais influentes da história, a lista torna-se ainda maior. Abaixo, selecionamos alguns desses personagens. A lista completa, você confere no site 101 Influential.

1984, George Orwell

O Grande Irmão (Big Brother), presente na narrativa da ficção 1984, de George Orwell, figura na 2ª posição do ranking e é a personificação de uma sociedade constantemente vigiada. Anos depois de sua publicação, o personagem ainda deu origem a vários reality shows espalhados pelo mundo.

Hamlet, William Shakespeare

Ocupando a 5ª posição do ranking, Hamlet, personagem da tragédia homônima do poeta William Shakespeare, tenta vingar a morte do pai, rei da Dinamarca, executado por seu tio. A obra, considerada a mais longa do poeta, trata temas como traição, loucura e moral. Outros personagens de Shakespeare que figuram no ranking são Romeu e Julieta (9ª posição do ranking).

O Último Adeus de Sherlock Holmes, Arthur Conan Doyle

Sherlock Holmes (8ª posição no ranking) é um investigador britânico do final do século XIX que se torna famoso por desvendar mistérios através de um raciocínio rápido e dedutivo. A 221B Baker Street, residência do personagem nos livros, é hoje um dos endereços mais famosos de Londres e abriga um museu com o nome do personagem.

Um Conto de Natal, Charles Dickens

Ebenezer Scrooge (16ª posição no ranking) é um personagem ganancioso e avarento, protagonista da obra Um Conto de Natal, de Charles Dickens. Foi nele que Carl Barks se inspirou para criar outro personagem conhecido: Scrooge McDuck, o Tio Patinhas.

VDom Quixote de La Mancha, Miguel de Cervantes

Figurando na 17ª posição do ranking, Dom Quixote ao ler romances com cavaleiros decide repetir os feitos de seus heróis e parte pelo mundo vivenciando seu próprio romance de cavalaria. A obra do espanhol Miguel de Cervantes é uma paródia a essa narrativa e tornou-se um grande sucesso.

Drácula, Bram Stoker

Diretamente do romance homônimo (1987) do escritor Bram Stoker, Drácula (33ª posição no ranking) eternizou a figura do vampiro em ficções de horror. A obra não foi sucesso imediato e só atingiu seu reconhecimento no século XX, sendo então adaptada inúmeras vezes para o cinema e o teatro.

Cassino Royale, Ian Fleming

James Bond (51ª posição no ranking), agente secreto britânico criado pelo escritor Ian Fleming, em 1953, foi apresentado aos leitores pela primeira vez na obra Cassino Royale. O nome do personagem foi retirado de outra obra: Birds of the West Indies, livro predileto de sua esposa.

Superman e Batman, DC Comics

Destaque dos quadrinhos, Superman (64ª posição do ranking) e Batman (60ª posição do ranking), ambos da editora DC Comics, figuram entre os heróis mais conhecidos em todo o mundo e já foram adaptados em filmes e séries de televisão.

Psicose, Robert Bloch

Norman Bates (75ª posição no ranking) tornou-se mais conhecido nas telonas. Adaptado do romance homônimo de Robert Bloch, o filme Psicose, de Alfred Hitchcock, eternizou o personagem na cena em que o ator Anthony Perkins (Norman Bates) mata Janet Leigh (Marion Crane) a facadas no chuveiro.

Alice no País das Maravilhas, Lewis Carroll

Diretamente dos livros infantis e dos contos de fadas para o ranking de personalidades ficcionais mais influentes, temos Alice (34ª posição), de Alice no País das Maravilhas; Dorothy Gale (91ª posição), de O Mágico de Oz, Robin Hood (12 posição), Peter Pan (70ª posição), João e Maria (52ª posição), dentre outros.

A edição brasileira da obra norte-americana, As Pessoas mais Importantes do Mundo que Nunca Viveram, publicada pela editora Campus, ganhou novos personagens influentes no país, como Odete Roitman, Emília (do Sítio do Pica Pau Amarelo), Turma da Mônica, Dom Casmurro, dentre outros. E em entrevista ao Correio Braziliense, Dan Karlan, autor do livro, admitiu que para uma próxima edição brasileira, já tem nome certo para um personagem: Capitão Nascimento, do filme Tropa de Elite, baseado na obra de Luiz Eduardo Soares, Elite da Tropa.

Se você também acredita que a lista ainda não está completa, então, comente este post dizendo qual personalidade literária deveria fazer parte do ranking.

Comentários

2 comentários em “Os 101 personagens de ficção mais influentes da história

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares