Livros em alta no Oscar 2011

O Oscar desse ano foi mais literário do que nunca. Isso porque 7 filmes que concorreram em diversas categorias foram baseados em livros ou inspiraram lançamentos editoriais, como é o caso do ganhador na categoria de Melhor Filme, O Discurso do Rei,  que foi lançado juntamente com o livro de Mark Logue e Peter Conradi, com base nos diários e arquivos de Lionel Logue,  o “fonoaudiólogo” do rei inglês George VI, pai de Elizabeth II. Assim como o filme, o livro conta a história de superação do príncipe herdeiro da Inglaterra que sofria de gagueira e, após se consultar com muitos médicos, acabou iniciando um tratamento com um especialista muito excêntrico.

Dois filmes baseados em livros também receberam destaques na premiação: A Rede Social, que concorreu em 8 categorias e Bravura Indômita, que teve 10 nomeações. O primeiro filme, A Rede Social, foi adaptado do livro Bilionários por Acaso: A Criação do Facebook, de Ben Mezrich. O autor entrevistou pessoas que conheceram Mark Zuckerberg e que fizeram parte da criação do Facebook, e juntou esses relatos no livro. Apesar de o enredo lembrar bastante os filmes sobre nerds dos anos 80, A Rede Social faz parte da realidade atual e isso certamente foi levado em consideração pela academia ao indicá-lo em 8 categorias, mas não a ponto de garantir o prêmio de Melhor Filme.

O livro Bravura Indômita de Charles Portis, que originou o filme, teve sua primeira publicação em 1968 e sua primeira adaptação para o cinema no ano seguinte, que garantiu o Oscar de Melhor Ator daquele ano para John Wayne no papel principal de xerife. O gênero faroeste é muito bem explorado no livro, que foi reconhecido como uma grande obra na época. Na nova versão do filme, dirigida pelos Irmãos Coen, o papel do xerife novamente rendeu a indicação de Melhor Ator a seu intérprete, Jeff Bridges. Mas desta vez, quem levou a melhor no bang-bang pela estatueta foi mesmo o rei interpretado por Colin Firth.

Confira as outras cinco adaptações de livros que estiveram entre indicados e ganhadores do Oscar 2011:

De todos esses livros, qual foi melhor adaptado para o cinema? Não deixe de compartilhar sua opinião com outros leitores!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares