Natal Sem Fome de Leitura doa mais de 5 mil livros para crianças de todo o país

(0 Estrelas - 0 Votos)
A missão foi dada: materializar estantes repletas de imaginação para crianças e adolescentes de todo o Brasil. O desafio foi aceito: milhares de leitores compraram seus livros na Estante Virtual, nos dias 16 e 17 de dezembro, e doaram obras em postos de coleta de 14 sebos espalhados pelo país. Resultado: mais de 5 mil livros doados e um Natal repleto de boas histórias!

“No mundo há dois tipos de pessoas: as que podem ajudar e as que precisam de ajuda. Quando elas se unem, o resultado é espetacular: um fluxo de oportunidades para formar leitores em larga escala e um incentivo ao prazer de ler”, afirma Priscila Carballido Mendes, fundadora e gestora voluntária do programa Hora da Leitura, do Instituto da Criança (RJ), ao fazer um balanço da campanha Natal Sem Fome de Leitura.

Para os representantes das instituições beneficiadas, incentivar a leitura através de iniciativas como esta é de extrema importância, sobretudo, na infância. “Ler é fundamental na vida de qualquer criança. E no caso daquelas que passaram por situações difíceis – de abuso, violência e pobreza – o livro é uma forma de resgatar uma infância que poderia estar distante delas. A leitura gera pertencimento de mundo – um mundo que é muito maior do que aquele com o qual elas têm contato: o das comunidades”, cita Fernanda Volner, gerente de comunicação das Aldeias Infantis Sos Brasil, em São Paulo.

Além disso, o livro é via de aprendizagem em todas as áreas do conhecimento. “A pessoa que desenvolve gosto pela leitura está mais aberta e em condições de aprender”, garante Cláudia Santa Rosa, coordenadora do projeto Escola de Leitores, do Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), do Rio Grande do Norte.

Apesar de tantos benefícios, as instituições reconhecem que o livro ainda é um bem de difícil acesso. “Ações como essas poderiam ser mais freqüentes. As pessoas precisam de sensibilidade para compreender que o que passa por mim também pode passar para o outro. Assim, garantimos a formação de um cidadão leitor”, enfatiza Fernanda Ribas, educadora social da ONG Cirandar, no Rio Grande do Sul.

Por isso, a Estante Virtual agradece a todos os leitores que participaram, convocaram os amigos e contribuíram para o sucesso desta ação, na certeza de que virá um 2011 de mais esperança e leitura para crianças de todo o Brasil. “Que os leitores saibam bem a importância do ato deles. O país tem uma dívida com essas pessoas que, juntas, contribuíram para a democratização da leitura. Cada uma delas está permitindo à sociedade, desenhar um outro cenário para o nosso país: o mundo que queremos”, finaliza Cláudia.

Boas festas!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares